Cotidiano Ministro Fux vota para conceder licença maternidade à mãe não gestante em união homoafetiva

Ministro Fux vota para conceder licença maternidade à mãe não gestante em união homoafetiva


O ministro Luiz Fux, do STF, votou a favor de conceder licença-maternidade à mãe não gestante em união homoafetiva, em um caso analisado pela Corte. As duas mulheres em questão realizaram uma inseminação artificial, com uma das mulheres fornecendo o óvulo e a outra gestando a criança.

Fux destacou que a licença-maternidade é uma proteção constitucional tanto para a mãe quanto para a criança e deve ser garantida independentemente da origem da filiação e da configuração familiar.

A ação tem repercussão geral, ou seja, o entendimento da Corte prevalece para outros casos semelhantes na Justiça. No caso concreto, uma funcionária pública, mãe de uma criança gestada por sua mulher em seu óvulo, pede o reconhecimento do direito.

Alisson Gabriel 13 mar 2024 - 17:15m

0 Comentários

Deixe uma resposta


APAE (Grande)
Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Total (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Valloriza / Jasfac
JCL (Grande)
1Farma (Grande)

Moura & Lima (Grande)
Auto Planos (Grande)
Moda Center (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Sistemax (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
RC Tecidos (Grande)