Cotidiano

Caso Tamarineira: Juíza e promotora discutem durante julgamento de João Victor


Durante andamento do julgamento de João Victor Leal, acusado de provocar acidente que resultou na morte de três pessoas, dentre elas uma mulher grávida em 2017, em Pernambuco, a promotora de acusação e a juíza do caso tiveram um momento de ânimos acirrados. Em uma cena rara e considerada até mesmo desrespeitosa, a promotora Eliane Gaia mandou a juíza “se conter”, algo que é repudiado no meio.

A confusão se deu após um dos advogados de defesa de João Victor ter exposto que Eliane Gaia estaria insinuando com gestos de que o choro do acusado seria falso. Diante do exposto, ele interviu e ao ser repreendida, Eliane Gaia passou a discutir com a juíza Fernanda Meira. Por vezes a juíza pediu cautela e teve o tom de voz elevado gradativamente quando em dado momento chegou a ficar de pé para dirigir a palavra contra Eliane Gaia que havia dito para a mesma se conter.

A juíza mandou então que ela calasse a boca em tom mais brando e disse que ela não teria autoridade para exigir qualquer tipo de mudança de comportamento por parte dela. Em seguida, prosseguiu com o julgamento e reforçou alguns pontos.

Confira nas imagens:

Bruno Muniz 17 mar 2022 - 19:27m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Athom (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Kits Elásticos (Grande)

Chiquinho Sorvetes (Grande)
Best Net (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Sistemax (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Kits Elásticos (Grande)