Destaques Vereadores da Bancada Azul atribuem ato de vandalismo na casa de Edson Vieira à integrantes de evento de Fábio Aragão

Vereadores da Bancada Azul atribuem ato de vandalismo na casa de Edson Vieira à integrantes de evento de Fábio Aragão


Durante a realização da 16ª sessão plenária pelo Segundo Período do ano de 2021, na manhã desta terça-feira (16), vereadores que integram a Bancada Azul na Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe comentou um fato ocorrido na última segunda-feira (15) na residência do ex-prefeito Edson Vieira, do PSDB. Na ocasião, os parlamentares atribuíram os atos de vandalismo na ocasião a pessoas que participaram de um ato comemorativo pelo aniversário de 1 ano da eleição de Fábio Aragão (PP) e Helinho Aragão (PSB).

O vereador Zé Boi foi quem abriu a discussão:

“Eu queria dar um voto de repúdio às comemorações, mas graças a Deus que não tinha ninguém em casa. Mas na outra comemoração avoaram litro de Montilla e refrigerante na casa de Edson”, disse Zé Boi.

Consequentemente, o vereador Nego Zé da Cohab complementou:

“Eu quero lamentar o fato que aconteceu ontem na residência do ex-prefeito Edson Vieira, da deputada Alessandra Vieira. Porque quem ganhou tem o direito de comemorar, mas comemorar com respeito. Porque o que foi feito ontem na residência do ex-prefeito e da deputada, uma baderna que foi feita”, disse Nego Zé.

O vereador Nailson Ramos afirmou que a comemoração pelo ano de vitória é justo, porém que o ocorrido na residência do ex-prefeito da cidade deve ser investigado:

“É lamentável que isso aconteça, não porque foi na casa de Edson Vieira. Pode ser na casa de qualquer um ser humano, de um político ou de um eleitor. Isso é ato de vandalismo, tem que identificar essas pessoas, tem como identificar e essas pessoas serem punidas. Tem que ter sim a comemoração, tem que ter a festa que queira ou que não queira, se fosse nosso grupo estaria acontecendo também no dia de ontem”, disse o vereador Nailson Ramos.

O verador Zezin Buxin comentou o caso e disse discordar que atos comemorativos sejam realizados na frente das residências de adversários políticos.

“Eu acho, isso aqui é minha opinião, mas eu sou contra comemoração com quem quer que seja, tocando a música do adversário. O lado político que eu pertenço fez isso, mas quem segura isso… Eu acho que não deveriam em um momento como esse passar na frente da casa do adversário”, disse Zezin Buxin.

Jefferson Elias 16 nov 2021 - 12:35m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Instituto Olavo Bilac (Grande)
Amanda Barros (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Richard Martyns (Lateral)
Academia Republic (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Clim Center (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Cetias (Grande)

BR Polo Shopping (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Richard Martyns (Lateral)
Unicesumar EAD (Grande)
JCL (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
Vitta (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Iran Bikes (Grande)