Policial Mandante da morte de Marielle Franco é preso em Queimadas (PB), diz Polícia Civil

Mandante da morte de Marielle Franco é preso em Queimadas (PB), diz Polícia Civil


Foi preso nesta quarta-feira, 28, em Queimadas, na Paraíba, Almir Rogério Gomes da Silva, responsável por ser o mandante da morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSOL). Marielle foi morta em março de 2018 com vários disparos de arma de fogo.

De acordo com a Polícia Civil que efetuou a prisão, Almir estava na companhia de outro homem que também foi preso. A operação atendeu a um pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), estado para onde os presos estão encaminhados.

A denúncia do MP fluminense, no entanto, se refere a uma outra execução, ocorrida em 12 de outubro daquele mesmo ano, na zona oeste do Rio de Janeiro. Almir, junto com outros três criminosos, teriam assassinado uma pessoa que teve uma briga com a esposa em público durante uma festa, o que não teria agradado aos milicianos.

A relação de Almir com o assassinato de Marielle Franco teria sido revelada por Julia Lotufo, viúva de outro miliciano, Adriano da Nóbrega. Adriano acabou morto em troca de tiros com a polícia no interior da Bahia, no início de 2020, sem ser interrogado pela polícia sobre sua participação no assassinato da parlamentar municipal.

Bruno Muniz 28 jul 2021 - 21:25m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Academia Republic (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Clim Center (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Gelar (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
JCL (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)

Cabeça Gesso (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Richard Martyns (Lateral)
Conferência (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Vitta (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)