Cotidiano Juíza é aposentada compulsoriamente após usar cargo para soltar filho preso por tráfico da cadeia

Juíza é aposentada compulsoriamente após usar cargo para soltar filho preso por tráfico da cadeia


A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, foi aposentada compulsoriamente por abuso de cargo ao tentar libertar o filho preso por tráfico de drogas. A magistrada recebeu R$ 925 mil em 2023, sendo R$ 489 mil em verbas extras.

Os dados, disponíveis no Portal da Transparência do Tribunal, revelam que, após descontos, seus rendimentos líquidos foram de R$ 715 mil no ano passado. O Tribunal de Justiça ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas declara que nenhum colaborador, juiz ou desembargador recebe acima do teto constitucional.

Alisson Gabriel 15 jan 2024 - 9:34m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Mateus Assistência (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
1Farma (Grande)
Valloriza / Jasfac
Novo Atacarejo (Grande)
JCL (Grande)
Integra Mais (Grande)
APAE (Grande)

Moda Center (Grande)
Auto Planos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
APAE (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Unigrande (Grande)
Pede.ai (Grande)
Sistemax (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)