Cotidiano Juíza é aposentada compulsoriamente após usar cargo para soltar filho preso por tráfico da cadeia

Juíza é aposentada compulsoriamente após usar cargo para soltar filho preso por tráfico da cadeia


A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, foi aposentada compulsoriamente por abuso de cargo ao tentar libertar o filho preso por tráfico de drogas. A magistrada recebeu R$ 925 mil em 2023, sendo R$ 489 mil em verbas extras.

Os dados, disponíveis no Portal da Transparência do Tribunal, revelam que, após descontos, seus rendimentos líquidos foram de R$ 715 mil no ano passado. O Tribunal de Justiça ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas declara que nenhum colaborador, juiz ou desembargador recebe acima do teto constitucional.

Alisson Gabriel 15 jan 2024 - 9:34m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
1Farma (Grande)

Altas Horas Outlet (Grande)
Luque Jeans (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Moda Center (Grande)
Sistemax (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)