Economia Preço do gás de cozinha tem nova alta nas distribuidoras a partir desta segunda

Preço do gás de cozinha tem nova alta nas distribuidoras a partir desta segunda


O preço médio de GLP sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras.

A partir desta segunda-feira (14) o gás de cozinha está mais caro. O preço médio de GLP sofreu reajuste de 5,9% nas distribuidoras, passando para R$ 3,40 por quilograma (kg), o que representa aumento médio de R$ 0,19 por kg. A Petrobras anunciou o aumento na última sexta-feira (11).

Antes deste último aumento, o botijão de 13 kg já podia ser encontrado por mais de R$ 100 na cidade de São Paulo. Na região Norte da capital, por exemplo, o preço chegava a R$ 113. Em maio, o preço do gás de cozinha subiu 1,24%, em média, em todo o Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Já o gás encanado teve aumento de 4,58%.

Este não é o primeiro reajuste do gás de cozinha no ano. Em janeiro, a Petrobras elevou o preço em 6%. No mês seguinte, a alta foi de 5,1%. Em março, um novo reajuste médio de R$ 0,15 por quilo foi anunciado e, em abril, o aumento foi de 5%.

Vale dizer que a conta de luz subiu 5,73% e a conta de água e esgoto teve aumento de 1,61%, o grupo Habitação foi o que teve mais impacto no IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) em maio, sendo responsável pelo incremento de 0,28 percentual. No mês passado, a inflação oficial do Brasil avançou 0,83%, a maior taxa para o mês desde 1996.

Nesta sexta, a Petrobras também anunciou redução de 2% da gasolina nas refinarias, a partir de sábado (12). O preço médio do diesel, por sua vez, não sofrerá alterações.

“Importante reforçar o posicionamento da Petrobras que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais. Nossos preços seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”, afirmou a companhia, em comunicado.

A Petrobras reforçou ainda que “os valores praticados nas refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo”.

A empresa lembra que até chegar ao consumidor são acrescidos “tributos federais e estaduais, custos para envase pelas distribuidoras, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores”.

Perspectivas do preço

Para quem se pergunta se o preço do gás vai cair, o cenário não é tão animador assim. 

Primeiro, temos que entender os fatores que determinam o preço do gás no Brasil. O economista e professor da FGV-RJ (Fundação Getulio Vargas) Mauro Rochlin.

O gás de cozinha ou encanado é um derivado do petróleo. Portanto, o preço do combustível fóssil é o principal fator para a formação de preço do botijão. E é aí que a coisa começa a ficar complicada. 

O barril do petróleo Brent era negociado a US$ 72,40 nesta quinta-feira, muito próximo do patamar pré-pandemia –em 20 de maio de 2019, a cotação alcançou US$ 72,83. No período mais agudo da recente crise econômica, o preço do barril do Brent chegou a afundar para US$ 22,74. 

Portanto, se o petróleo está mais caro, o gás na sua cozinha também ficará. 

Ainda é preciso considerar que a commodity é negociada em dólares. Hoje, cada dólar vale cerca de R$ 5. É verdade que o real está se valorizando ante a moeda norte-americana, mas a alta do preço do petróleo vem anulando este que seria um fator positivo no preço do gás. 

O governo interveio e zerou a alíquota de PIS e Cofins que incide sobre o gás de cozinha, mas a redução no preço não chegou ao consumidor porque as empresas aproveitaram para ter alguma margem de lucro. 

“Muitas companhias já avisaram que, analisando a planilha de custos, não poderão repassar a queda do imposto, ou seja, a medida só vai ajudar a aumentar a lucratividade das distribuidoras”, disse, em março, o presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo (Asmirg), Alexandre Borjaili.

Jefferson Felipe 14 jun 2021 - 9:41m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Cetias (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Clim Center (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Compax (Grande)
Parque das Feiras (Grande)
Amanda Barros (Grande)
Academia Republic (Grande)
Império dos Camarões (Grande)

Design Riscos (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Richard Martyns (Lateral)
Vitta (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
JCL (Grande)
BR Polo Shopping (Grande)

VÍDEO EM DESTAQUE

Amanda Barros (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Autoescola Nossa Senhora das Graças (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Compax (Lateral)
Real Tags e Etiquetas (Lateral)
House Club (Lateral)
Império dos Camarões (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
Mais Top Estética (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Donna K Depil (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Clim Center (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Clínica Vitta (Lateral)
Design Riscos (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Academia Saúde e Forma (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Loucas Por Esmaltes (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
BestNet (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Ana Laura Personalizados (Lateral)
Athom (Lateral)
BR Polo Shopping (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Academia Republic (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
João Januário Tecidos (Lateral)
Val Games (Lateral)
Gelar (Lateral)
Richard Martyns (Lateral)
Immobilis (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Iran Bikes (Lateral)
JCL (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
Aplicativo