Economia Governo do Estado anuncia pacote de incentivos fiscais para bares, restaurantes e similares

Governo do Estado anuncia pacote de incentivos fiscais para bares, restaurantes e similares


O Governo de Pernambuco vem mobilizando instrumentos para minimizar os danos da pandemia e dar fôlego aos setores econômicos em funcionamento no Estado. Em reunião com o segmento de bares, restaurantes e similares, os secretários de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio; da Fazenda, Décio Padilha; e de Turismo, Rodrigo Novaes, anunciaram um pacote de medidas fiscais que vão reduzir a carga tributária do setor, garantindo um fôlego para atravessar a fase mais crítica da pandemia. As ações contemplam redução de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), prorrogação de incentivos vigentes, adiamento para o pagamento de tributos, além de condições diferenciadas para regularização de recolhimentos atrasados. As medidas atendem pleito da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e foram anunciadas, nesta quinta-feira, 18, em reunião remota com o presidente da instituição, André Araújo, e empresários do segmento.

“A pandemia chegou em um fase crítica e o Governo tem se aproximado do empresariado para buscar medidas que minimizem a travessia. Essa é mais uma ação dentro dessa ideia de reduzir os danos e criar condições que viabilizem a retomada das atividades de forma mais acelerada, quando as restrições forem flexibilizadas. Vale ressaltar que são medidas que sinalizam o olhar do governo para a situação de empreendedores de todos os portes”, destacou o secretário Geraldo Julio.

A primeira medida prorroga em um ano a vigência do Convênio Federal ICMS 91/2012. Trata-se de um incentivo que reduz a base de cálculo que o governo utiliza para aplicar a tributação. O convênio tinha vencimento previsto para 31 de março de 2021 e passou para para o dia 31 de março de 2022. A ação foi autorizada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), órgão que regula a gestão de incentivos fiscais concedidos pelos estados.

Outro ponto atendido é a redução de alíquota do ICMS, que passa de 3,4% para 2,12%. A medida reduz em mais de 37% a carga incidente nas operações dos estabelecimentos. A terceira medida vale para Bares, Restaurantes, buffets e estabelecimentos similares enquadrados no Simples Nacional. O pagamento de ICMS dos meses de março, abril e maio terão vencimento prorrogado para julho, agosto e setembro deste ano para empresas enquadradas nesse regime. Já para as empresas que não integram o Simples Nacional, o Governo do Estado vai oferecer descontos de até 90% nos juros e nas multas e parcelamento em até 60 meses para quem buscar a regularização de débitos com o Fisco estadual. O teto de descontos vale para pagamentos à vista e vai reduzindo a partir do aumento de parcelas do acordo.

“É um esforço do Estado com o segmento. A prorrogação em quatro meses no pagamento do ICMS, por exemplo, tira uma receita nossa do primeiro semestre para o segundo. São cerca de R$ 100 milhões no fluxo de caixa do Estado e que não vamos poder contar agora, quando o Estado precisa de recursos para combater a pandemia. A gente adia esse recebimento porque entende a necessidade das empresas nessa fase difícil e para poder contar com elas lá na frente. Além de redução de alíquota, prorrogação de convênios e condições de parcelamento de débitos que podem colocar as empresas de novo em condições de funcionar bem”, detalhou Décio Padilha.

Os descontos nos juros e nas multas para quem regularizar pendências com o fisco são de 90% (pagamento à vista), 80% (em até seis parcelas), 70% (de sete a 12 parcelas), 60% (de 13 a 24 parcelas), 50% (de 25 a 36 parcelas), 40% (de 37 a 48 parcelas) e 30% (de 49 a 60 parcelas).

Também participaram da reunião a secretária executiva de atração de investimentos e estudos econômicos, Ana Paula Vilaça; o presidente da Empetur, Antônio Baptista; o proprietário do Cia do Chopp, Tony Sousa; e o Master Franqueado da Mc Donalds, Mario Carvalheira.

Jefferson Felipe 19 mar 2021 - 16:43m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Cetias (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
JCL (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Clim Center (Grande)
More Love (Grande)
Cuscuz da Moda (Grande)
Bezerra Poços (Grande)

Simone Joias (Grande)
JCL (Grande)
Lis Bambini
Dr. Leonardo Brito
Design Riscos (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Vitta (Grande)
Acqua Pet Capibaribe (Grande)
Alan Vidros (Grande)

VÍDEO EM DESTAQUE

Lis Bambini (Lateral)
Design Riscos (Lateral)
Real Tags e Etiquetas (Lateral)
Simone Joias (Lateral)
More Love (Lateral)
HB Joias e Relógios (Lateral)
Richard Martyns (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Immobilis (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
Império dos Camarões
VRC College (Lateral)
Academia Saúde e Forma (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Clim Center (Lateral)
Autoescola Nossa Senhora das Graças (Lateral)
Clínica Vitta (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Tintas Quimilson (Lateral)
Localiza Moda (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Acqua Pet Capibaribe (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Caruaru da Sorte (Grande)
JCL (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Cuscuz da Moda (Lateral)
BestNet (Lateral)
Alan Vidros (Lateral)
House Club (Lateral)
Val Games (Lateral)
Aplicativo