Cotidiano Novo decreto do Governo Federal deve estabelecer academias e salões como estabelecimentos essenciais

Novo decreto do Governo Federal deve estabelecer academias e salões como estabelecimentos essenciais


O presidente Jair Bolsonaro, confirmou, nesta segunda-feira (11), que assinou decreto ampliando os serviços considerados essenciais, ou seja, que não podem ser fechados durante a pandemia de novo coronavírus.

De acordo com Bolsonaro, foram incluídos no decreto as academias de ginástica, os salões de beleza e as barbearias. O presidente justificou dizendo que esses estabelecimentos têm relação com a saúde e a higiene e voltou a defender que “saúde é vida”.

“A questão da vida tem que ser tratado paralelamente à questão do emprego. Sem economia não tem vida”, disse. O presidente acrescentou ainda que esses setores representam cerca de 1 milhão de empregos.

Disse também que a possibilidade de frequentar a academia, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, ajudará a melhorar a saúde da população. “A pessoa fica em casa sedentária, aumenta colesterol, piora a saúde”, argumentou.

Bruno Muniz 11 maio 2020 - 18:28m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Immobilis Negócios Imobiliários
Cuscuz da Moda (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
RC Tecidos (Grande)
JCL (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Cetias (Grande)
Farma Fácil (Grande)
More Love (Grande)

Polo da Moda Campina (Grande)
Jasfac (Grande)
Lis Bambini
Dr. Leonardo Brito
Best Net
Vitta (Grande)
JCL (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Acqua Pet Capibaribe (Grande)