Destaques Câmara dos deputados analisa urgência para Projeto de Lei que equipara aborto a homicídio

Câmara dos deputados analisa urgência para Projeto de Lei que equipara aborto a homicídio


A Câmara dos Deputados está analisando o pedido de urgência para o Projeto de Lei nº 1.904/2024, que equipara o aborto realizado após 22 semanas de gestação ao homicídio simples, aumentando a pena máxima para 20 anos.

O projeto, do deputado Sóstenes Cavalcante (PL/RJ), fixa em 22 semanas o prazo máximo para abortos legais, que hoje são permitidos em casos de estupro, risco de vida para a mulher e anencefalia fetal.

Atualmente, não há um prazo máximo no Código Penal. Se aprovado o pedido de urgência, o projeto pode ser votado diretamente no Plenário, sem passar pelas comissões. O deputado argumenta que, sem um limite gestacional, o aborto pode ser realizado mesmo quando o feto já é viável.

Alisson Gabriel 05 jun 2024 - 15:04m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Valloriza / Jasfac
João Januário Tecidos (Grande)
APAE (Grande)
1Farma (Grande)
JCL (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)

Sistemax (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
APAE (Grande)
Auto Planos (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)