Cotidiano Em um ano, Pernambuco reduz em R$ 1,2 bilhão investimentos em assistência hospitalar

Em um ano, Pernambuco reduz em R$ 1,2 bilhão investimentos em assistência hospitalar


Em 2023, o governo de Pernambuco reduziu em R$ 1,2 bilhão os investimentos em assistência hospitalar e ambulatorial, passando de R$ 7,75 bilhões em 2022 para R$ 6,54 bilhões, uma queda de 15%. Esta é a primeira redução em 16 anos. Principais hospitais públicos, como o da Restauração, Getúlio Vargas e Barão Lucena, sofreram cortes, resultando em diminuição de recursos e problemas como falta de insumos e estrutura precária.

A situação é crítica, especialmente com a superlotação das UTIs pediátricas devido a um aumento de casos de síndrome respiratória em crianças, levando à decretação de emergência em abril. Profissionais da saúde estão esgotados, e há relatos de médicos comprando medicamentos com recursos próprios. A Secretaria Estadual de Saúde alega mudanças na classificação dos gastos e afirma que não houve diminuição dos investimentos totais em saúde, que subiram para R$ 8,4 bilhões em 2023.

Fonte: Magno Martins

Alisson Gabriel 17 maio 2024 - 9:14m

0 Comentários

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
JCL (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)

M Mestre Empreendimentos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Moda Center (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Sistemax (Grande)
Auto Planos (Grande)