Cotidiano OMS pede que governantes do mundo inteiro proíbam a venda de “vapes”, conhecidos como cigarros eletrônicos

OMS pede que governantes do mundo inteiro proíbam a venda de “vapes”, conhecidos como cigarros eletrônicos


A Organização Mundial de Saúde (OMS) instou os governantes a considerarem os cigarros eletrônicos como ameaças comparáveis ao tabaco, destacando a necessidade de “medidas urgentes” para controlá-los.

Apesar de algumas visões que veem os cigarros eletrônicos como uma ferramenta para reduzir os danos do tabagismo, a OMS citou estudos que indicam falta de evidências suficientes de que os “vapes” ajudem os fumantes a parar e alertou sobre os riscos à saúde, especialmente para não fumantes, incluindo crianças e jovens.

A organização propôs mudanças, como a proibição de aromatizantes, como mentol, e a aplicação de medidas de controle do tabaco aos cigarros eletrônicos, como impostos elevados e proibições em locais públicos. Embora a OMS não tenha autoridade sobre as regulamentações nacionais, suas recomendações costumam ser adotadas voluntariamente. No Brasil, a venda desses cigarros já é proibida, conforme decisão de uma audiência pública no Senado Federal e em outros 31 países.

Alisson Gabriel 15 dez 2023 - 15:35m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
JCL (Grande)
Valloriza / Jasfac
APAE (Grande)
1Farma (Grande)

Moda Center (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Luque Jeans (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
APAE (Grande)