Cotidiano OMS pede que governantes do mundo inteiro proíbam a venda de “vapes”, conhecidos como cigarros eletrônicos

OMS pede que governantes do mundo inteiro proíbam a venda de “vapes”, conhecidos como cigarros eletrônicos


A Organização Mundial de Saúde (OMS) instou os governantes a considerarem os cigarros eletrônicos como ameaças comparáveis ao tabaco, destacando a necessidade de “medidas urgentes” para controlá-los.

Apesar de algumas visões que veem os cigarros eletrônicos como uma ferramenta para reduzir os danos do tabagismo, a OMS citou estudos que indicam falta de evidências suficientes de que os “vapes” ajudem os fumantes a parar e alertou sobre os riscos à saúde, especialmente para não fumantes, incluindo crianças e jovens.

A organização propôs mudanças, como a proibição de aromatizantes, como mentol, e a aplicação de medidas de controle do tabaco aos cigarros eletrônicos, como impostos elevados e proibições em locais públicos. Embora a OMS não tenha autoridade sobre as regulamentações nacionais, suas recomendações costumam ser adotadas voluntariamente. No Brasil, a venda desses cigarros já é proibida, conforme decisão de uma audiência pública no Senado Federal e em outros 31 países.

Alisson Gabriel 15 dez 2023 - 15:35m

0 Comentários

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
JCL (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Integra Mais (Grande)
Valloriza / Jasfac
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)

RC Tecidos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
APAE (Grande)
Moda Center (Grande)
Pede.ai (Grande)
Auto Planos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Unigrande (Grande)
Mateus Assistência (Grande)