Cotidiano Ex-funcionário da Braiscompany é preso na Argentina e será extraditado para o Brasil

Ex-funcionário da Braiscompany é preso na Argentina e será extraditado para o Brasil


Um ex-funcionário não identificado da empresa de criptoativos Braiscompany, suspeito de envolvimento em um esquema de golpe financeiro, será extraditado da Argentina para o Brasil. Ele é acusado de ser o operador financeiro do esquema, agindo como broker e desviando mais de R$ 4 milhões.

O indivíduo foi preso em Puerto Iguazú, junto a outros dois ex-funcionários da Braiscompany, em junho. O acordo de extradição foi assinado recentemente. Os outros dois suspeitos permanecem detidos na Argentina. Vídeos postados no canal do YouTube da Braiscompany foram utilizados como prova, mostrando o investigado divulgando as operações comerciais da empresa.

A Operação Halving, iniciada em fevereiro de 2023, visa a Braiscompany, suspeita de movimentar R$ 2 bilhões em criptoativos nos últimos 4 anos, além de envolvimento em crimes financeiros e lavagem de dinheiro.

Os sócios da empresa, Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, estão foragidos até o momento.

Alisson Gabriel 06 dez 2023 - 9:08m

0 Comentários

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
JCL (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)
Integra Mais (Grande)
APAE (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)

RC Tecidos (Grande)
Sistemax (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Cetias (Grande)
Auto Planos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Moda Center (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)