Cotidiano Ex-funcionário da Braiscompany é preso na Argentina e será extraditado para o Brasil

Ex-funcionário da Braiscompany é preso na Argentina e será extraditado para o Brasil


Um ex-funcionário não identificado da empresa de criptoativos Braiscompany, suspeito de envolvimento em um esquema de golpe financeiro, será extraditado da Argentina para o Brasil. Ele é acusado de ser o operador financeiro do esquema, agindo como broker e desviando mais de R$ 4 milhões.

O indivíduo foi preso em Puerto Iguazú, junto a outros dois ex-funcionários da Braiscompany, em junho. O acordo de extradição foi assinado recentemente. Os outros dois suspeitos permanecem detidos na Argentina. Vídeos postados no canal do YouTube da Braiscompany foram utilizados como prova, mostrando o investigado divulgando as operações comerciais da empresa.

A Operação Halving, iniciada em fevereiro de 2023, visa a Braiscompany, suspeita de movimentar R$ 2 bilhões em criptoativos nos últimos 4 anos, além de envolvimento em crimes financeiros e lavagem de dinheiro.

Os sócios da empresa, Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, estão foragidos até o momento.

Alisson Gabriel 06 dez 2023 - 9:08m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
JCL (Grande)
1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)

Sam’s Sushi (Grande)
APAE (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Luque Jeans (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)