Esporte Após reunião, final da libertadores terá público caso não haja mais episódios de violência

Após reunião, final da libertadores terá público caso não haja mais episódios de violência


Após a Conmebol convocar dirigentes da CBF, da AFA, do Fluminense e do Boca Juniors para uma reunião com objetivo de evitar que a violência que tomou conta da praia de Copacabana se repita, o presidente Ednaldo Rodrigues se manifestou.

Ele confirmou que, neste momento, a final da Libertadores terá público, mas pediu ajuda aos torcedores. Caso “a paz não seja mantida”, há possibilidade de que a decisão ocorra com portões fechados.

A reunião foi convocada pela entidade que gere a competição continental após cenas lamentáveis de torcedores do Fluminense indo até a praia de Copacabana entrarem em confronto com torcedores do Boca Juniors que estavam no local, gerando uma gran confusão generalizada.

“A presença de público vai depender dos torcedores. A partir de agora, os torcedores tem que se unir em torno do paz porque a segurança está acima de tudo. Se por acaso não tiver essa paz, é lógico que pode ter a possibilidade de ser sem público”, disse o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Alisson Gabriel 03 nov 2023 - 16:44m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Integra Mais (Grande)
1Farma (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
João Januário Tecidos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
JCL (Grande)
Mateus Assistência (Grande)

Novo Atacarejo (Grande)
Sistemax (Grande)
Moda Center (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
APAE (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)