Cotidiano Médico é preso em São Paulo por estupro cometido em Campina Grande

Médico é preso em São Paulo por estupro cometido em Campina Grande


Um médico e policial militar reformado de 38 anos, identificado como Walisson Cabral da Silva, foi preso em Peruíbe, litoral de São Paulo, acusado de estuprar uma mulher. Ele estava sendo procurado pela Justiça e foi condenado a seis anos e seis meses de prisão pelo crime que ocorreu em abril de 2019, em Campina Grande, Paraíba.

Segundo o processo, o estupro ocorreu depois de uma noite em um bar, quando a vítima foi ao apartamento do acusado e acordou com ele praticando conjunção carnal sem consentimento. O laudo sexológico da vítima confirmou a conjunção carnal recente, embora não tenha identificado sinais de violência. Walisson foi condenado a cumprir a pena estabelecida.

Alisson Gabriel 26 out 2023 - 15:45m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
Novo Atacarejo (Grande)
Total (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
1Farma (Grande)

Sistemax (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Moda Center (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Auto Planos (Grande)