Utilidade Pública “Os jovens não deveriam ter seus próprios celulares antes dos 12 ou 13 anos”, diz psiquiatra especialista em vícios

“Os jovens não deveriam ter seus próprios celulares antes dos 12 ou 13 anos”, diz psiquiatra especialista em vícios


A busca incessante por satisfação está relacionada com alguns elementos, como jogos e dispositivos digitais. Quem explica a interação por trás desse impulso (que, muitas vezes, pode ser compulsivo) é a psiquiatra e professora da Universidade de Stanford, Anna Lembke.

Renomada por sua expertise em vícios, ela se destacou ao explicar de forma didática por que é tão desafiador romper os hábitos que perturbam a rotina. Isso decorre de um desequilíbrio envolvendo a dopamina, o neurotransmissor do prazer, o qual, após estimular intensamente nossos cérebros, deixa para trás sentimentos de ansiedade e tristeza.

Essa dinâmica se evidencia até nas notificações dos dispositivos móveis, que incluem imagens e entretenimento para crianças. O efeito acumulado dessas diversas gratificações acaba por desencadear sensações de infelicidade, ansiedade amplificada e até depressão. Além disso, pode prejudicar nosso sono.

Em entrevista ao O Globo, ela destacou que as crianças não deveriam ter seus próprios aparelhos antes dos 12 ou 13 anos. Caso tenham, os pais devem assumir a responsabilidade pela administração desses aparelhos. A psiquiatra ainda diz que estabelecer uma comunicação aberta é crucial.

Alisson Gabriel 11 ago 2023 - 16:15m

0 Comentários

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)
Total (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Integra Mais (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
JCL (Grande)

Luciana Mendes (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
RC Tecidos (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Auto Planos (Grande)
Sistemax (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)