Utilidade Pública A importância do diagnóstico precoce na cura e preservação da saúde mental

A importância do diagnóstico precoce na cura e preservação da saúde mental


Anualmente milhares de pessoas são diagnosticadas com algum transtorno mental como insônia, ansiedade, transtorno obsessivo-compulsivo e depressão. A importância do diagnóstico precoce dos transtornos mentais, principalmente os casos mais raros como o autismo, o transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e a esquizofrenia são essenciais para a qualidade do tratamento e eficácia que gera a cura, como explica o psiquiatra João André Sampaio, com especialização pelo Hospital Albert Einstein.

“O diagnóstico precoce é essencial para iniciar um tratamento rapidamente, aumentando as chances de sucesso e cura. Quanto mais precoce o diagnóstico de uma doença, maior a possibilidade de sucesso com o tratamento, aumentando as chances de remissão da doença, e diminuem as perdas sociais decorrentes. Os pais e os profissionais das áreas de saúde e de educação precisam estar atentos aos sinais de alerta, porque quanto mais cedo ocorrer a identificação do problema e o início do tratamento, melhor será o resultado e inclusive a qualidade de vida do paciente e até mesmo da sua família”, ressalta o médico.

Estima-se que em cada 100 pessoas, 30 sofram, ou venham a sofrer, num ou noutro momento da vida, de problemas de saúde mental e que cerca de 10 tenham uma doença mental grave. A depressão é a doença mental mais frequente, sendo uma causa importante de incapacidade. Por isso, é importante ficar atento aos sinais para saber o momento certo de procurar um profissional médico psiquiatra para um tratamento adequado.

“Não existe regras ou nada específico que nos diz o momento certo para se procurar um psiquiatra, mas é importante observar alguns pontos. Quando os problemas de ordem emocional passam a interferir de forma recorrente nas atividades rotineiras da pessoa, quando a insônia começa a ser frequente ou as mudanças ou estados de humor interferirem no trabalho e na relação interpessoal, tem-se um ponto de alerta”, explica o Dr. João André, que complementa.

“Estes pontos citados podem indicar o início de uma depressão ou o surgimento de transtorno bipolar, por exemplo. A ansiedade também pode desencadear uma série de reações físicas no corpo, como taquicardia, palpitações, tremedeira e falta de ar. Por isso o auxílio de um psiquiatra é tão importante para que se tenha uma melhor qualidade de vida”, conclui.

Alisson Gabriel 25 jul 2023 - 10:52m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
1Farma (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Valloriza / Jasfac

Auto Planos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Luque Jeans (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Sistemax (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)