Destaques Câmara de Santa Cruz do Capibaribe deve ter CPI para investigar suposta irregularidades na distribuição de sementes

Câmara de Santa Cruz do Capibaribe deve ter CPI para investigar suposta irregularidades na distribuição de sementes


Durante a Sessão Ordinária na Casa José Vieira de Araújo, realizada na tarde de terça-feira (11), foi apresentada a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis indícios de irregularidades na coleta das sementes destinadas ao município de Santa Cruz do Capibaribe, referente ao Programa de Distribuição de Sementes do Estado de Pernambuco – Campo Novo, através do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA).

O requerimento para a criação da CPI é de autoria do vice-presidente da Câmara, Nailson Ramos (MDB), e conta com as assinaturas dos vereadores Demir da Saúde (PSDB), Zé Boi (União), Nega (PSD), Zezin Buxin (MDB), Nego Zé (União) e Caetano Motos (PSDB). O documento apresenta dados que apontam uma divergência de mais de uma tonelada entre a quantidade registrada na nota fiscal e a quantidade efetivamente recebida.

Durante a discussão do requerimento, o autor, vereador Nailson Ramos, defendeu a finalidade da CPI e afirmou ter questionamentos que precisam ser respondidos. Por sua vez, os vereadores situacionistas defenderam que o Executivo Municipal não tem nada a esconder.

A CPI terá prazo de 180 dias para realizar as investigações e apurar possíveis irregularidades na coleta e distribuição das sementes destinadas ao município. Serão realizadas diligências, oitivas de depoimentos e análise de documentos para esclarecer os fatos relacionados ao suposto desaparecimento de aproximadamente uma tonelada de milho que deveria ter sido destinada aos produtores locais.

O que diz a prefeitura:

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Santa Cruz do Capibaribe, Marcelo Cumaru, informou recentemente que um processo de sindicância já havia sido aberto para investigar o caso, e o resultado apontou que não houve dolo, mas reconheceu a existência de negligência na conferência do produto. Um servidor responsável pela coleta das sementes foi suspenso por 15 dias.

A expectativa é que a CPI inicie seus trabalhos nas próximas semanas, e que possa esclarecer os fatos relacionados à distribuição das sementes em Santa Cruz do Capibaribe.

Bruno Muniz 12 abr 2023 - 14:50m

1 Comentário

  • Carlos Nóbrega disse:

    Da maneira que estão colocando, parece que o IPA é o culpado. O órgão distribui sementes há muito tempo e nunca ouvi falar e desaparecimento de sementes. Essa é uma opinião minha, não tendo o IPA nada a ver com essa manifestação!

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
APAE (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
1Farma (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Valloriza / Jasfac

Mandacaru Açaíteria (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Moda Center (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Auto Planos (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Sistemax (Grande)