Utilidade Pública Saiba como funciona a clonagem de cartão de crédito por aproximação

Saiba como funciona a clonagem de cartão de crédito por aproximação


Especialista na área de tecnologia explica como isso pode acontecer e quais as melhores formas de se prevenir do golpe que pode acontecer muito no período do carnaval

Um novo golpe na praça que pode tirar o sono de muita gente e até estragar a festa de carnaval é a clonagem de cartão de crédito e débito. O crime acontece quando o cliente vai finalizar a compra e pagar pelo produto, ao aproximar o item na maquineta, ela dá o aviso de que a transação foi bloqueada. Isso obriga o cliente a inserir o cartão de crédito e digitar a senha e é nesse momento que os dados são copiados e, em seguida, clonados. Com o carnaval chegando e o comércio de rua sendo uma das principais opções dos foliões, é necessário entender como isso acontece e como se prevenir.

Para evitar ser vítima do golpe de clonagem de cartão de crédito, existem alguns cuidados que devem ser tomados, segundo o professor das Escolas de Engenharia e Tecnologia do Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG), Sidney Cunha. “É recomendável comprar em lugares cuja maquineta seja conhecida, ou seja, estabelecimentos que a pessoa seja cliente e onde possui confiabilidade. É importante nunca emprestar o cartão para terceiros, principalmente se forem desconhecidos. E nunca usar o pagamento por aproximação em maquinetas de lojistas desconhecidos”, comenta.

Em casos de erros apresentados pelas maquinetas, é preciso ficar atento ao passar o cartão de crédito. Caso isso ocorra, o cliente pode entrar em contato com a operadora do próprio cartão através do SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente. “As pessoas devem ficar sempre atentas com essa questão. A clonagem acontece ao cartão ser inserido na maquineta e o usuário digitar a senha, isso faz com que as pessoas tenham acesso aos dados e tenha a facilidade de clonar. Por isso, a melhor maneira de evitar essa dor de cabeça é ter cuidado no momento do pagamento. Nesse período de carnaval, pode ser que essa prática aconteça muito por causa das comidas, bebidas, artigos que são vendidos nas ruas sem fiscalização”, alerta.

Alisson Gabriel 16 fev 2023 - 17:27m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
JCL (Grande)
Integra Mais (Grande)
1Farma (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
APAE (Grande)
Total (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)

Altas Horas Outlet (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Auto Planos (Grande)
Cetias (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
APAE (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Sistemax (Grande)