Política Gilson anuncia saída do grupo de Edson Vieira e adere ao grupo de Fábio

Gilson anuncia saída do grupo de Edson Vieira e adere ao grupo de Fábio


Uma outra decisão política também foi tomada na tarde desta quinta-feira (02) na Câmara Municipal de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. Na ocasião, o vereador Gilson Julião anunciou que está deixando o grupo denominado Azul, liderado pelo ex-prefeito Edson Vieira.

Gilson alegou que sua decisão foi meramente por questões políticas e citou a eleição de 2022 como um dos fatores para sua mudança de rumo, onde na ocasião o grupo do ex-prefeito apoiou Bolsonaro e Gilson, o atual presidente Lula. Gilson de pronto já anunciou a sua adesão ao grupo de Fábio Aragão.

NOTA DO VEREADOR

Senhor presidente Zeba, vereadores, vereadoras, prefeito Fábio, vice-prefeito Helinho, público aqui presente e os demais que nos acompanham pelas mídias digitais.

Desde muito novo acompanho a política municipal como expectador, ainda como criança, nos idos do final dos anos 80 e toda a década de 90 indo para as passeatas, para os comitês e torcendo pelos então candidatos Oseas Moraes e Zinha Vieira em 88, Aragãozinho e Zé Augusto em 92, Padre Bianchi e Fernando Aragão em 96 ou como eleitor e militante político de Zé Augusto, Toinho do Pará e Afrânio em 2000, de Jadilson, Lenildo e Afrânio em 2004, de Édson Vieira, Dida e Afrânio em 2008, de Édson, Dimas e Afrânio em 2012, de Édson, Dida e Nailson Ramos em 2016 e de Dida, Joselito e eu como candidato a vereador em 2020 que me fez chegar aqui onde estou como representante do povo de Sta Cruz.

Sempre frequentei esta Casa de Leis e já disse aos ex-vereadores Afrânio, Dimas, Jr Gomes, Luciano Bezerra que estes foram e são as minhas inspirações de parlamentares e recentemente também disse ao prefeito Fábio Aragão que seu pai, Fernando Aragão, também foi uma inspiração para mim enquanto vereador. Admiro a atuação desses vereadores. Seja no uso dessa tribuna, como presidentes, nas comissões e no dia a dia desta Casa.

Me filiei a um partido político pela primeira vez em 2002, mesmo ano que Lula chegou à presidência da república e este partido foi o dos trabalhadores. Em 2007 saímos do PT juntos com Afrânio e um grande grupo para apoiar a candidatura de Édson Vieira a prefeito e desde essa época milito junto a ele ocupando espaços importantes dentro do grupo azul.

Minha relação com Édson e Alessandra sempre foi uma via de mão dupla e não tem como medir quem mais fez por quem. Sou muito grato a eles e ao grupo, por que muito fiz por eles e também muito fizeram por mim. Muita gente está pensando que vou sair atirando, mas nunca faria isso. Porém, decisões precisam ser tomadas e meu ciclo político no grupo liderado por Edson se encerra hoje e espero que o respeito, a amizade e a cordialidade prevaleça sempre, pois tenho um carinho especial por ele e ainda mais por Alessandra e Joselito.

As razões dessa decisão são meramente políticas e como já disse em outro momento aqui nessa tribuna: a última eleição para presidente da República foi um divisor de água e um verdadeiro plebiscito. Dividiu e colocou conservadores e progressistas de lado opostos de forma muito nítida. Fui para rua e assim como pedi votos pra Edson Vieira, Fernando Filho, Alessandra e Miguel, também fui pedir votos para a senadora Teresa Leitão e para Lula, mesmo sabendo que a maioria do grupo azul foi oposto a isso, em especial no segundo turno. Talvez tenha começado aí um processo de distanciamento natural do grupo, pois, escutei muitas piadinhas e indiretas que tentava colocar em xeque a minha fidelidade ao grupo.

Além disso, todo o processo de escolha da mesa diretora e presidência desta Casa foi muito traumático para mim e para muitos dos que aqui estão, aumentado ainda mais o desgaste dentro do grupo azul o que deixou insustentável minha permanência nele.

Queria agradecer imensamente a meus pais e meu irmão, que me fizeram conhecer a política, em especial as bandeiras defendidas pela esquerda. Agradeço também a UESSC (União dos Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe), ao ex-vereador Afrânio, ao Movimento de Articulação e Identidade Socialista que ajudei a fundar, a Rede de Jovens do Nordeste, ao curso de História e ao curso de Direito que também foram minhas escolas políticas e fizeram com que eu me tornasse um defensor dos direitos humanos, das pessoas com deficiência, da população LGBTQIA+, dos idosos, das mulheres, das crianças e adolescentes entre outras, como a da educação e da inclusão social. Agradeço imensamente a minha companheira de vida, Elaine Silva, que é um dos meus guias e em nome de Mário Jr agradeço aos amigos que apoiam a minha decisão.

É momento de seguir um novo caminho do ponto de vista da política local, já que minhas bandeiras sempre foram as mesmas, independente do grupo político no qual militei, e militarei a partir de agora. Vivemos um novo tempo no plano nacional, com a volta de Lula à presidência, e farei ainda mais por nossa cidade sendo o representante da Senadora Teresa Leitão que abrirá as portas dos ministérios em Brasília para nossa cidade e que trará muitos frutos. Por isso, a partir de hoje preciso seguir um novo caminho e esse será ao lado de Fábio e Helinho, onde defenderei minhas bandeiras sem precisar ser questionado e sobretudo ajudando a construir um novo tempo.

Muito obrigado e vamos seguir em frente pensando no futuro.

Gilson Julião
Vereador

Alisson Gabriel 02 fev 2023 - 17:03m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)
1Farma (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Integra Mais (Grande)
JCL (Grande)

Luciana Mendes (Grande)
Sistemax (Grande)
Auto Planos (Grande)
Moda Center (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Moura & Lima (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Luque Jeans (Grande)