Destaques Em nota dura, Edson Vieira denomina saída de Gilson Julião de seu grupo como “traição”

Em nota dura, Edson Vieira denomina saída de Gilson Julião de seu grupo como “traição”


O ex-prefeito Edson Vieira se manifestou em nota sobre a recente saída de um dos principais nomes do seu grupo político, o vereador Gilson Julião. Gilson fez o seu anúncio na última quinta-feira (02), mesmo dia em que Emanuel Ramos e Irmão Soares, ambos do grupo Verde, também deixaram a ala para adentrar no grupo político do atual prefeito Fábio Aragão.

A nota do ex-prefeito teve um tom duro, diferente do apresentado pelo vereador na câmara. Na ocasião, Gilson agradeceu e reconheceu a importância de Edson e de seu grupo na sua vida pública, porém que questões políticos e acontecimentos dos últimos meses reforçaram o seu desejo de seguir outros caminhos.

Em sua exposição do assunto, Edson chega a dizer “Muitos para justificarem uma atitude tomada, criam a narrativa que convém, com desculpas que muitas vezes não tem amparo na realidade.” A bancada de oposição alinhada com Edson também emitiu uma conjunta onde alega Gilson “agiu com individualismo”.

VEJA A NOTA DO EX-PREFEITO:

Na política, assim como nas nossas vidas, pessoas vem e vão. Só ficarão ao nosso lado as pessoas de verdade, sem interesse, pessoas que estão com a gente independentemente do cargo que ocupamos. Na política, assim como na vida a gente dá oportunidades, a gente fica feliz, se sente realizado e orgulhoso em ver alguém que a gente acredita ocupando os espaços que proporcionamos.

Ficamos imensamente tristes e decepcionados com a decisão do vereador Gilson Julião em abandonar o nosso grupo. O grupo que esteve ao seu lado em suas duas eleições para conselheiro tutelar, o grupo que lhe oportunizou e a pessoa mais próxima dele, de durante oito anos ocuparem cargos de primeiro escalão. Oportunizamos que os dois tivessem suas vozes ouvidas e respeitadas, neste mesmo grupo que o elegeu vereador. E aqui não estamos desmerecendo a capacidade dele, estamos falando em oportunidade, estamos falando de amizade, de parceria e confiança. Nós nos sentimos traídos nesse momento.

Muitos para justificarem uma atitude tomada, criam a narrativa que convém, com desculpas que muitas vezes não tem amparo na realidade. Ficamos decepcionados e recebemos com estranheza, a alegação do vereador Gilson de que nossas escolhas nas eleições de 2022, causaram, por motivos ideológicos, um distanciamento com nosso grupo. No ano de 2018 a nossa escolha foi a mesma e nem por isso houve qualquer distanciamento.
Analisando os acontecimentos percebemos que ele que se distanciou do grupo quando deixou a presidência da Comissão de Legislação e Justiça sem qualquer diálogo com a própria bancada, ali o mesmo demonstrou uma atitude individualista. Na eleição recente da presidência da Câmara de Santa Cruz do Capibaribe sempre prezamos pelo diálogo, deixamos todos os vereadores à vontade para buscarem apoio dentro, pois tudo tem que começar com os seus, e fora da bancada.

Em momento algum vetamos ou privilegiamos qualquer um dos nomes. Dialogamos e analisamos todas as possibilidades e ao final todo grupo tomou uma decisão, demos nossa palavra, todos concordaram, e assim prosseguimos, fizemos uma composição de oposições.

A bancada conseguiu emplacar três das quatro vagas na atual Mesa Diretora, e por acreditar na fidelidade de nossos vereadores tínhamos certeza que seguiríamos juntos, mas assim não foi.

Na política, assim como na vida, quando a gente é grupo a gente está junto em todos os cenários. Não foi o que vimos nesse momento. Talvez se o resultado das urnas agora em 2022, que respeitamos, tivesse sido diferente, tal decisão não tivesse sido tomada. Uma pena. Mas na política, assim como na vida, a gente tem decepções, umas inimagináveis como essa, e a gente só pede forças para seguir em frente com muita FÉ e DETERMINAÇÃO. Continuaremos acreditando nas pessoas e oportunizando, na certeza que o tempo é o senhor da razão.

Encerramos com a frase de Leonel Brizola que resume muito bem essa lamentável experiência que estamos passando “A política ama a traição e odeia o traidor”.

Edson Vieira e Alessandra Vieira

VEJA A NOTA DA BANCADA:

A bancada de oposição de Santa Cruz do Capibaribe, formada pelos vereadores Nailson Ramos, Demir da Saúde, Nego Zé, Jéssyca Cavalcanti, Zé Boi, Caetano Motos e Zezin Buxin, vem a público externar a decepção e surpresa com a atitude do vereador Gilson Julião em abandonar o grupo que lhe deu total apoio durante mais de uma década. O grupo lhe apoiou na conquista de seus mandatos como conselheiro tutelar e vereador, esse mesmo grupo que esteve ao seu lado quando atuou como secretário na gestão do ex-prefeito Edson Vieira.

Lamentamos a atitude individualista do vereador, ele virou as costas para esse grupo.
Os vereadores tiveram total liberdade para colocar seus nomes para a disputa da Mesa Diretora para o biênio 2023 – 2024. Nossas lideranças, Edson Vieira e Alessandra Vieira, promoveram várias reuniões no intuito de que tivéssemos unidade na bancada, infelizmente Gilson preferiu um projeto individual a uma escolha coletiva.

Atualmente os vereadores Nailson Ramos, Jéssyca Cavalcanti e Zé Boi fazem parte da Mesa que tem o vereador, também oposicionista, Zeba como Presidente.
Edson e Alessandra sempre respeitaram as mais diversas linhas de pensamento, nas eleições presidenciais deixou todos livres e respeitou a escolha individual de cada um.

Seguimos nosso trabalho fiscalizando a gestão municipal, cobrando melhorias para a população, unidos, determinados, fiéis e principalmente honrando os votos que recebemos.

CONTEÚDO EM VÍDEO:

Bruno Muniz 04 fev 2023 - 15:37m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
Total (Grande)
JCL (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
APAE (Grande)
1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)

Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Cetias (Grande)
APAE (Grande)
Moda Center (Grande)
Sistemax (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)