Economia Lula decide voltar a cobrar imposto federal sobre combustíveis

Lula decide voltar a cobrar imposto federal sobre combustíveis


O futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), disse na última terça-feira (27) que não deseja que governo do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) prorrogue a isenção da cobrança do PIS/Cofins sobre os combustíveis. Os impostos estão suspensos só até 31 de dezembro de 2022. Haddad disse isso por telefone ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

A decisão de Haddad atende a um pedido do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O futuro ministro se reuniu com Lula para apresentar os cenários propostos pela atual gestão. Guedes e Haddad haviam se encontrado para discutir possíveis soluções para a isenção de impostos.

Há cerca de 15 dias, Guedes havia dito a Haddad que o governo atual poderia baixar uma medida provisória mantendo a isenção de impostos federais sobre combustíveis, caso fosse de interesse da futura equipe econômica. Num primeiro momento, Haddad disse que poderia fazer sentido essa MP. Agora, a decisão mudou por causa de uma contraordem de Lula.

Informações: Poder360

Alisson Gabriel 28 dez 2022 - 14:34m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Novo Atacarejo (Grande)
1Farma (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)
APAE (Grande)
JCL (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Integra Mais (Grande)

APAE (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Auto Planos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Moda Center (Grande)