Destaques Catar com investimento imponente que vai além da Copa

Catar com investimento imponente que vai além da Copa


A Copa do Mundo terminou, mas o megaprojeto do Catar ancorado nesse grande evento está ainda dando os primeiros passos, ao contrário do que o leitor possa imaginar. Com efeito, a maior competição de futebol do mundo é uma parte da Visão Nacional do Catar até 2030, que tem como objetivo tornar a sociedade avançada, com de proporcionar um alto padrão de vida para seu povo.

A Visão Nacional do Catar 2030 define as metas de longo prazo para o país. Ao mesmo tempo, fornece uma estrutura na qual estratégias nacionais e planos de implementação podem ser desenvolvidos.

E a Copa do Mundo é apenas uma parte dessa estratégia do país do Golfo Pérsico, que depende do gás natural e do petróleo e pretende criar novas fontes de receita, como o turismo, por exemplo.

Link: https://www.gco.gov.qa/en/about-qatar/national-vision2030/

H2 Investimento de 220 bilhões na Copa e em infraestruturas

Olhando os números do investimento na Copa do Mundo, entendemos o alcance dessa estratégia. As estimativas apontam para 220 bilhões de dólares de investimento total, sendo que menos de cinco por cento (10 bilhões de dólares) foi feito em novos estádios, sendo que um deles provisório. Aliás, um desses estádios, feito de contêineres, já está sendo desmantelado.

Link: https://www.dw.com/pt-br/catar-come%C3%A7a-a-desmantelar-est%C3%A1dio-feito-de-cont%C3%AAineres/a-64016156

E essa porcentagem é bem relevante. O grosso das despesas do Catar para a preparação da Copa do Mundo foi destinado a infraestruturas que vão trazer benefícios econômicos ao país, a médio e longo prazo, no âmbito da Visão Nacional 2030.

Até ao final da década, o Catar pretende aplicar esse plano, que passa por modernizar e preservar tradições, atender às necessidades das atuais e futuras gerações, gerir e controlar o crescimento esperado, fazer crescer a economia, preservando o meio ambiente e também apostando em questões sociais do país, no pilar do desenvolvimento humano.

H2 Catar vai erguer o troféu do turismo

O Brasil acabou falhando o hexa, depois da derrota diante da Croácia, resultado que levou à demissão de Tite. E o Catar também não venceu a competição. Todavia, é garantido que o troféu do turismo será erguido pelo país organizador.

Link: https://blogdobrunomuniz.com.br/2022/12/apos-eliminacao-no-catar-tite-deixa-selecao.html

Há um dado muito curioso, para entender o detalhe da Copa neste megaplano. A Alemanha, em 2006, investiu somente 4.300 milhões de dólares, na organização da prova. Porém, nesse ano, o país europeu não necessitou de edificar novos estádios, nem tinha seu projeto da Copa assente em um plano tão ambicioso.

O objetivo do Catar é conquistar a atenção do mundo para a sua oferta turística, que tem sido uma prioridade do governo local. De acordo com dados da Fitch, o país do Golfo Pérsico deverá receber, em 2026, 3,5 milhões de visitantes. Esse número representa um aumento significativo, em comparação com os números de 2016 (uma década antes), em que 2,9 milhões de pessoas foram fazer turismo ao Catar.

A Copa não explica tudo, porque o governo investiu uma fortuna em campanhas de promoção turística em todo mundo. E tem mais: o Catar vai acolher a Copa Asiática de 2023 e também os Mundiais de Natação de 2024, o que segue a mesma lógica de conquistar a atenção do mundo.

O apito final da Copa do Mundo já soou, movimentando milhões em casas como a Betano Apostas Esportivas, mas o plano do Catar está muito longe do fim. O país está preparando uma economia equilibrada e não quer ficar dependente de fontes de receita que podem ter os dias contados.

Link: https://apostasebonus.com.br/betano/analise

E para agradar aos turistas, tem obras de engenharia e arquitetura fantásticas, como por exemplo o edifício M7, ou o Museu de Arte Islâmica, uma das 5 construções incríveis em Doha. Só assim o Catar conseguirá rivalizar com outros países do Oriente Médio que estão seguindo a mesma estratégia.

Link: https://expresso.arq.br/07/12/2022/arquitetura-em-doha-5-construcoes-incriveis-na-capital-do-catar-alem-dos-estadios-da-copa/

Bruno Muniz 16 dez 2022 - 21:58m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
1Farma (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
JCL (Grande)
Integra Mais (Grande)
Total (Grande)
Mateus Assistência (Grande)

Novo Atacarejo (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Moda Center (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
RC Tecidos (Grande)
APAE (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Sistemax (Grande)

REPORTAGEM ESPECIAL

Athom (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Sam’s Sushi (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
João Januário Tecidos (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
M Mestre Empreendimentos (Lateral)
Vitta (Lateral)
Rede Ponto Com (Lateral)
Altas Horas (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Moura & Lima (Lateral)
Integra Mais (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Totali (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Centrus (Lateral)
Auto Planos (Lateral)
BestNet (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
House Club (Lateral)
1Farma (Lateral)
Luciana Mendes (Lateral)
Val Games (Lateral)
Stylus Óculos (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
JCL (Lateral)
Aplicativo