Destaques PF cumpre mandados de busca e apreensão na casa de empresários após mensagens sobre golpe trocadas no WhatsApp

PF cumpre mandados de busca e apreensão na casa de empresários após mensagens sobre golpe trocadas no WhatsApp


A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta terça-feira (23), mandados de busca e apreensão em endereços de oito empresários que enviaram mensagens no WhatsApp afirmando que apoiariam um possível golpe de estado.

As operações são realizadas em cinco estados. De acordo com informações do site “Metrópoles”, os envolvidos defenderam um golpe em caso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganhar a disputa a eleição em outubro deste ano.

Em posicionamento sobre a operação, Barreira Filho, fundador da Coco Bambu, afirma que está “absolutamente tranquilo, pois minha única manifestação sobre o assunto foi um “emoji” sinalizando a leitura da mensagem, sem estar endossando ou concordando com seu teor”. “Confio na justiça e vamos provar que sempre fui totalmente favorável à democracia”, acrescentou.

A defesa de Ivan Wrobel, da construtora W3, disse que o empresário “tem um histórico de vida completamente ligado à liberdade”. “Colaboraremos com o que for preciso para demonstrar que as acusações contra ele não condizem com a realidade dos fatos”, afirmou em nota.

A assessoria das lojas Havan confirmou a apreensão do celular de Luciano Hang. “Sigo tranquilo, pois estou ao lado da verdade e com a consciência limpa. Em minhas mensagens em um grupo fechado de WhatsApp está claro que eu nunca, em momento algum falei sobre golpe ou sobre STF”, afirmou Hang através de sua defesa.

Em nota, a defesa deLuiz André Tissot afirmou que o grupo Sierra e o empresário “não irão se manifestar sobre o tema”.

A defesa de Marco Aurélio Raymundo, o Morongo, criaidor da Mormaii, disse que ele “de fato foi contatado hoje pela Polícia Federal, ainda desconhece o inteiro teor do inquérito, mas se colocou e segue à disposição de todas autoridades para esclarecimentos”.

A defesa de Nigri, da Tecnisa, informou, por meio de nota, que o empresário “mesmo sem ter tido acesso aos autos do inquérito, como era seu direito, concordou em ser ouvido nesta manhã para colaborar com as investigações.

Bruno Muniz 23 ago 2022 - 19:04m

0 Comentários

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
JCL (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
APAE (Grande)
Valloriza / Jasfac
Total (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)

Cabeça Gesso (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Auto Planos (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Moda Center (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Moura & Lima (Grande)