Destaques Pague Menos conclui compra da Extrafarma por R$ 737 milhões e se torna a 2ª maior rede do País

Pague Menos conclui compra da Extrafarma por R$ 737 milhões e se torna a 2ª maior rede do País


Pague Menos concluiu nesta segunda-feira, dia 1º, a aquisição de 99,07% do capital social da rede Extrafarma. A transação estimada incialmente em R$ 700 milhões foi ajustada para R$ 737,75 milhões em razão de variações de capital de giro e posição da dívida líquida. Com a compra, a Pague Menos se torna a segunda maior rede de farmácias do País.

De acordo com o comunicado ao mercado feito pelas empresas, a primeira parcela, correspondente a 50% do montante total, foi paga hoje pela Pague Menos e as duas parcelas remanescentes serão desembolsadas pela Companhia em agosto de 2023 e agosto de 2024. Com a aquisição, a cearense passa a ter aproximadamente 1.600 lojas. O faturamento combinado das empresas será superior a R$ 10 bilhões ao ano.

De acordo com a companhia, a conclusão da transação dá início a um novo ciclo na história da Pague Menos, acelerando em três anos seu plano de expansão e consolidando sua liderança nas regiões Norte e Nordeste, com aproximadamente 21% de participação de mercado nas duas regiões combinadas, segundo dados da IQVIA, fortalecendo sua posição como a maior plataforma de serviços de saúde no varejo farmacêutico.

“Desde o IPO este é o momento mais importante da Pague Menos. Ele sintetiza a capacidade da companhia de continuar fazendo entregas consistentes e seguir seu plano estratégico mesmo diante de adversidades macroeconômicas e mudanças de cenário que exigiram respostas rápidas e transformações profundas nas empresas”, afirma Mário Queirós, CEO da Pague Menos.

O acordo de compra da Extrafarma pela Pague Menos foi fechado em maio de 2021 e aprovado pelo Cade em junho de 2022, de forma condicionada à celebração de Acordo em Controle de Concentrações (“ACC”). Pelo ACC, a Pague Menos se comprometeu a adotar medidas estruturais de modo a eliminar as potenciais preocupações concorrenciais apontadas pelo Cade, o que envolveu o desinvestimento de oito lojas da Extrafarma, que representam menos de 3% das lojas adquiridas por meio da Transação, dentre outras previsões do ACC.

Como vai funcionar a integração das operações 
A integração das operações das companhias, que mantem incialmente os dois CNPJs, está alicerçada em eficiência logística, convergência operacional, unificação organizacional e integração tecnológica, conforme comunicado da Pague Menos.

O sortimento das lojas da Extrafarma será ampliado e reforçado nas categorias foco. A Pague Menos também desenvolverá a marca própria da Extrafarma para aumentar a participação nas vendas.

“Para obter ganhos de logística, que está entre os pontos fortes do negócio, será feita a integração total das operações dos centros de distribuição e de rotas de abastecimento, com possibilidade de melhora no sortimento, redução de custos de transporte e maior eficiência tributária”.

O plano prevê a convergência operacional com a uniformização e potencialização de melhoras das condições de compra (custo, prazo, gestão de processos de negócio entre outros). Haverá ainda a unificação das plataformas para operação do Clinic Farma, segmento Digital, bem como de convênios e parcerias, ampliando o universo de clientes beneficiados para as duas bandeiras.

Duas bandeiras
O time de operações da Extrafarma permanecerá inalterado, sendo liderado pelo atual diretor de operações, Miguel Jarros, que passa a responder ao vice-presidente de operações da Pague Menos. As demais diretorias corporativas serão absorvidas pela estrutura Pague Menos, que já reformou e ampliou seu escritório em São Paulo para receber o time da Extrafarma.

As duas bandeiras irão coexistir, mas todo backbone da Extrafarma será migrado para uma infraestrutura única de TI. Com previsão de implantação em 8 meses, a Pague Menos contará com o suporte de sistemas do Grupo Ultra até concluir a transição da base tecnológica.

A partir desta data, a Extrafarma torna-se uma controlada da Pague Menos e a consolidação contábil dos resultados deverá acontecer a partir do balanço do terceiro trimestre de 2022.

Com informações do Povo

Bruno Muniz 02 ago 2022 - 8:14m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Oficina dos Óculos (Grande)
Kumon (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Farma Fácil (Grande)
ASCAP (Grande)
Gelar Climatização (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Ynove (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe (Grande)
Athom (Grande)

Chiquinho Sorvetes (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Best Net (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe (Grande)
JCL (Grande)
ASCAP (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)

MATÉRIA EM DESTAQUE

Iran Bikes (Lateral)
WG Aviamentos (Lateral)
Medic Mais (Lateral)
Mamuska Pizzaria (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Val Games (Lateral)
Ceape Santa Cruz (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Gelar Climatização (Lateral)
JCL (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
BestNet (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
House Club (Lateral)
Quero Sandálias (Lateral)
Farma Fácil (Lateral)
Kumon (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Athom (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
ASCAP (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Valloriza (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Postos Badu (Lateral)
Ynove (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Aplicativo