Destaques Senado aprova IPVA zero para motos de até 170 cilindradas

Senado aprova IPVA zero para motos de até 170 cilindradas


O Senado Federal aprovou na quarta-feira, 6, projeto de lei que permite que estados zerem o imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) para motos de até 170 cilindradas. O texto agora segue para promulgação.

De acordo com a proposta, a alíquota zero do IPVA não é impositiva, servindo apenas como uma sinalização para os estados e o Distrito Federal.

O autor do projeto é o senador Chico Rodrigues (União-RR). O senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) foi o relator da matéria durante sua tramitação na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

O projeto previa, inicialmente, que apenas motos de até 150 cilindradas fossem contempladas, mas as fabricantes argumentaram que esse limite deveria ser ampliado para atingir todas as motocicletas de baixa cilindrada.

A ideia da proposta é baratear motos de até 170 cilindradas para a população de baixa renda. Ao defender sua proposta, Chico Rodrigues afirma que cerca de 85% dos compradores de motocicletas pertencem às classes C, D e E, e que eles utilizam esse tipo de veículo para o deslocamento até o trabalho. De acordo com o senador, esses compradores têm menor poder aquisitivo e sofrem com a falta de transporte urbanos de qualidade.

O relator do texto argumentou em seu parecer que não há impedimento em relação à responsabilidade fiscal, já que a proposta tem caráter autorizativo e não vai causar renúncia de receitas para a União (o IPVA não é um imposto do âmbito federal).

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) votou a favor da autorização, mas tem dificuldade de entender o resultado prático da proposta por não ser obrigatório os estados cumprirem.

“Nós fixamos o mínimo, mas quem fixa o valor são os estados. Se eles quiserem manter como estão, manterão. Se quiserem fixar em 5%, fixarão; em 10%, fixarão; em 20%, fixarão. O que significa fixar o mínimo? Eu sinceramente acho que a consequência disso é um tipo de lei inócua”, explicou Guimarães.

Com informações da Exame

Bruno Muniz 09 jul 2022 - 12:16m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Ceape Santa Cruz (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Athom (Grande)
JCL (Grande)
Kumon (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe (Grande)

Bahia Ferragens (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
JCL (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
ASCAP (Grande)
Quero Sandálias (Grande)