Cotidiano TJPE declara greve dos professores de Santa Cruz do Capibaribe como irregular

TJPE declara greve dos professores de Santa Cruz do Capibaribe como irregular


Órgão estabeleceu que caso categoria não volte as atividades imediatamente deverá arcar com multa diária de R$ 50 mil

Nesta quinta-feira (24), o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) julgou irregular a greve dos professores municipais de Santa Cruz do Capibaribe. Em análise, o desembargador Sílvio Neves Baptista Filho alegou que a paralisação dos profissionais representa dano ao exercício dos serviços públicos.

Na decisão, o TJPE ordena que a greve seja encerrada imediatamente, com a aplicação de multa ao Sindicato Único dos Profissionais do Magistério Público das Redes Municipais de Ensino no Estado de Pernambuco – SINDUPROM/PE no valor diário de R$ 50 mil caso haja descumprimento por parte da categoria.

Confira a decisão:

Alisson Gabriel 24 mar 2022 - 18:57m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
Total (Grande)
Valloriza / Jasfac
JCL (Grande)
Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
1Farma (Grande)

RC Tecidos (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
APAE (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Sistemax (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Moda Center (Grande)
Moura & Lima (Grande)