Cultura Punctum Filmes lança curta-metragem “Filhos Ausentes”

Punctum Filmes lança curta-metragem “Filhos Ausentes”


Com direção de Virgínia Guimarães e Jansen Barros, curta conta a história de uma personagem que volta a cidade para se despedir do pai.

Com produção da PUNCTUM Filmes, ‘Filhos Ausentes’, foi lançado na última sexta-feira (18) o filme-ensaio em curta-metragem de Jansen Barros e Virgínia Guimarães, que apresenta a narrativa de uma mulher com sentimentos ligados às lembranças da Feira da Sulanca em Santa Cruz do Capibaribe. Em sua volta à cidade e enquanto lida com o luto pela morte de seu pai, ela revela uma série de memórias que a conectam às suas raízes.

O título do curta-metragem tem referência na festa do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e São Miguel, mais especificamente ao ‘Dia dos Filhos Ausentes’ (Lei nº 2.389/2014). A simbologia desta festa atravessa o filme-ensaio e estabelece uma relação do presente com o passado, e traz imagens de uma Santa Cruz do Capibaribe/PE que permanece nas histórias de vida dos que moram aqui, dos que já se foram e daqueles que perdem ou já perderam entes queridos.

A diretora Virgínia Guimarães conta que a escolha por fazer um filme-ensaio e não simplesmente um filme documentário ou outro gênero é devido ao fato do ‘filme-ensaio possibilitar maior liberdade:

“Gosto de chamar de filme-ensaio porque sinto que ele é aberto, tem um fluxo que se revela à medida que vai acontecendo, e não se encerra, é como um convite a um lugar onde ainda não se sabe qual é, mas que já se tem uma luz”. Ela ainda fala sobre o processo de criação do filme, que tenta explorar muitas nuances da cidade: “Santa Cruz é uma cidade onde a maioria das pessoas é de outro lugar, e também que acolhe gente de vários lugares do país. Uma cidade que anos atrás tinha um rio limpo. Tem muito da substância da nossa própria história e da história de nossos amigos e familiares nesse filme”.

O filme ainda utiliza técnicas de animação em rotoscopia, e traz imagens de referência do acervo do documentário Nossa Cidade Nossa Gente (2011), que tem produção de Mário Neves. Sobre o uso de imagens de acervo de outros filmes, o também diretor Jansen Barros, ressalta a importância de valorizar a produção audiovisual da cidade:

“Além de resgatar um outro trabalho audiovisual da cidade e fortalecer a cena local, fazendo com que ainda mais pessoas conheçam esse outro projeto incrível que resgata nossa história, a ideia de utilizar as imagens antigas no curta é inseri-las como uma espécie de sonho, uma volta ao passado que a personagem podia sentir através das histórias que o pai contava”.

‘Filhos Ausentes” é uma grande homenagem aos filhos que levam suas terras no coração. Homenagem aos que vão com a terra adormecida, aos que sonham e desejam nascer, crescer e ir felizes, preservando e alongando suas raízes.

Assista:

Sinopse

Depois de muito tempo longe, uma personagem vai ao encontro de sua terra natal para se despedir do pai. Ao ser inundada por sentimentos ligados à memória afetiva da cidade, um diálogo com essa despedida e esse reencontro se costuram em uma tomada de decisão.

Ficha técnica

Duração: 7’52’’

Produção: PUNCTUM Filmes

Realização: Lei de incentivo a cultura Aldir Blanc

Direção: Jansen Barros e Virgínia Guimarães
Roteiro e narração: Virgínia Guimarães

Montagem e edição: Jansen Barros

Captação e tratamento de som: Virgínia Guimarães

Trilha sonora: Virgínia Guimarães

Coordenação de trilha sonora: Jansen Barros

Rotoscopia: Jansen Barros e Virgínia Guimarães

Bruno Muniz 19 mar 2022 - 19:41m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
Total (Grande)
1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)

Sistemax (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
APAE (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Auto Planos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
RC Tecidos (Grande)