Destaques Professores das Rede Municipal de Santa Cruz do Capibaribe decidem deflagrar greve

Professores das Rede Municipal de Santa Cruz do Capibaribe decidem deflagrar greve


Na sexta-feira (11), professores que integram a Rede Municipal de Ensino de Santa Cruz do Capibaribe voltaram a realizar uma manifestação pelas ruas do município em virtude da recente cobrança de reajuste salarial de 33,24%. Também na sexta-feira, a categoria realizou uma assembleia e decidiu por paralisação e também por greve, esta que deve ser iniciada no dia 16, próxima semana.

Confira a nota do Sinduprom:

A categoria de professores/as da rede municipal de ensino de Santa Cruz do Capibaribe, em assembleia realizada hoje (11/03/2022) na câmara de vereadores do mesmo um município, decidiu paralisar suas atividades no dia de hoje e na próxima segunda feira (14/03/2022). Assim como decidiram também deflagrar greve, com início para a próxima quarta-feira (16/03/2022).

A categoria já tentou por diversas vezes sentar com a gestão municipal para apresentar a pauta de reivindicações, estando nesta presente o reajuste salarial da categoria anunciado pelo governo federal de 33,24%.

Apesar de no fundo da educação (FUNDEB) existir uma grande injeção de receitas em relação a anos anteriores, bem como novas fontes de recursos com a implantação do no NOVO FUNDEB, a gestão municipal se mantem irredutível para a concessão dos direitos da categoria.

No município ainda existem escolas que estão sem funcionar por motivos de não-conclusão das reformas, não há climatização em todas as escolas, a merenda se mantém com uma qualidade inferior ao aceitável, não há transporte escolar para todos/as os/as estudantes, o kit merenda não está sendo entregue para todos/as os/as alunos/as que estão em aula remota.

São inúmeros os problemas.

A categoria estará em reunião com a prefeitura na próxima segunda-feira (14/03/2022), às 14h, e aguarda que a gestão apresente datas para conclusão de obras, instalação de aparelhos de ar-condicionado, e concessão do percentual de reajuste anunciado pelo governo federal.

Havendo uma resposta favorável por parte da gestão, a categoria cessa a greve antes mesmo do seu início. Porém, caso a gestão não sinalize para o cumprimento dos direitos dos/as professores/as, a categoria entrará de greve por tempo indeterminado.

Após a assembleia, os/as professores/as em um ato simbólico abraçaram a Câmara de Vereadores para solicitar que aquela casa nos apoie em nossa luta. Em seguida, a categoria fez uma caminhada com faixas e carro de som pelas principais ruas do centro até a secretaria de educação.

Att.
Douglas Ferreira
Diretor do SINDUPROM-PE

Bruno Muniz 12 mar 2022 - 18:47m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Quero Sandálias (Grande)
ASCAP (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)
Athom (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
JCL (Grande)

Kits Elásticos (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
JCL (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Postos Badú (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
220 Cabeamentos (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
RC Tecidos (Grande)