Destaques Professores das Rede Municipal de Santa Cruz do Capibaribe decidem deflagrar greve

Professores das Rede Municipal de Santa Cruz do Capibaribe decidem deflagrar greve


Na sexta-feira (11), professores que integram a Rede Municipal de Ensino de Santa Cruz do Capibaribe voltaram a realizar uma manifestação pelas ruas do município em virtude da recente cobrança de reajuste salarial de 33,24%. Também na sexta-feira, a categoria realizou uma assembleia e decidiu por paralisação e também por greve, esta que deve ser iniciada no dia 16, próxima semana.

Confira a nota do Sinduprom:

A categoria de professores/as da rede municipal de ensino de Santa Cruz do Capibaribe, em assembleia realizada hoje (11/03/2022) na câmara de vereadores do mesmo um município, decidiu paralisar suas atividades no dia de hoje e na próxima segunda feira (14/03/2022). Assim como decidiram também deflagrar greve, com início para a próxima quarta-feira (16/03/2022).

A categoria já tentou por diversas vezes sentar com a gestão municipal para apresentar a pauta de reivindicações, estando nesta presente o reajuste salarial da categoria anunciado pelo governo federal de 33,24%.

Apesar de no fundo da educação (FUNDEB) existir uma grande injeção de receitas em relação a anos anteriores, bem como novas fontes de recursos com a implantação do no NOVO FUNDEB, a gestão municipal se mantem irredutível para a concessão dos direitos da categoria.

No município ainda existem escolas que estão sem funcionar por motivos de não-conclusão das reformas, não há climatização em todas as escolas, a merenda se mantém com uma qualidade inferior ao aceitável, não há transporte escolar para todos/as os/as estudantes, o kit merenda não está sendo entregue para todos/as os/as alunos/as que estão em aula remota.

São inúmeros os problemas.

A categoria estará em reunião com a prefeitura na próxima segunda-feira (14/03/2022), às 14h, e aguarda que a gestão apresente datas para conclusão de obras, instalação de aparelhos de ar-condicionado, e concessão do percentual de reajuste anunciado pelo governo federal.

Havendo uma resposta favorável por parte da gestão, a categoria cessa a greve antes mesmo do seu início. Porém, caso a gestão não sinalize para o cumprimento dos direitos dos/as professores/as, a categoria entrará de greve por tempo indeterminado.

Após a assembleia, os/as professores/as em um ato simbólico abraçaram a Câmara de Vereadores para solicitar que aquela casa nos apoie em nossa luta. Em seguida, a categoria fez uma caminhada com faixas e carro de som pelas principais ruas do centro até a secretaria de educação.

Att.
Douglas Ferreira
Diretor do SINDUPROM-PE

Bruno Muniz 12 mar 2022 - 18:47m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
APAE (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Total (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Integra Mais (Grande)
JCL (Grande)
Valloriza / Jasfac
1Farma (Grande)

Moda Center (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)