Política TCE impõe medida cautelar à Prefeitura de Santa Cruz e deve realizar auditoria para apurar valores gastos com reformas de escolas

TCE impõe medida cautelar à Prefeitura de Santa Cruz e deve realizar auditoria para apurar valores gastos com reformas de escolas


Prefeito comentou o caso e disse entender determinação como algo ‘normal’.

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE), por meio do conselheiro Carlos Neves, realizou uma determinação essa semana impondo uma medida cautelar contra a gestão municipal de Santa Cruz do Capibaribe. A medida determina a suspensão de pagamentos para com uma empresa contratada para desempenhar o procedimento de reformas nas escolhas públicas municipais.

Segundo a determinação, o órgão fiscalizador apurou incongruências no contrato com a empresa responsável pelas obras. Ao todo já foram quitados mais de 60% de um total de R$ 3 milhões que a empresa teria captado para realização das obras. Na ocasião, o TCE visa apurar os valores elevados e como eles foram gastos. Até que isso ocorra por meio de uma auditoria, as obras seguirão paralisadas.

Em entrevista a emissora Polo FM, o prefeito Fábio Aragão (PP) disse que vê como normal o procedimento do órgão fiscalizador e que deve apresentar todos os esclarecimentos necessários.

Jefferson Elias 25 fev 2022 - 14:24m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Instituto Olavo Bilac (Grande)
ASCAP (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Gelar Climatização (Grande)

Cabeça Gesso (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Valloriza (Grande)
ASCAP (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Lis Bambini (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)