Política “CPI do Caso Beatriz não acontecerá por culpa de Gleide Ângelo e Juntas”, diz Romero Albuquerque

“CPI do Caso Beatriz não acontecerá por culpa de Gleide Ângelo e Juntas”, diz Romero Albuquerque


Romero Albuquerque provocou o primeiro debate acalorado do ano na Assembleia Legislativa de Pernambuco. Em seu discurso na Reunião Ordinária da quarta-feira, 2, o deputado fez críticas às colegas Gleide Ângelo e Jô Cavalcanti. Segundo Albuquerque, as deputadas trabalharam contra a criação da comissão desde que ele deu início à coleta das assinaturas. O deputado pareceu bastante irritado com a mandatária do coletivo Juntas que, segundo ele, vazou a lista dos parlamentares que já haviam assinado e ajudou a pressioná-los a desistir da iniciativa.

Já nesta quinta-feira, durante uma entrevista, Albuquerque admitiu que a CPI não acontecerá. “Se eu pudesse responsabilizar duas pessoas por não termos criado essa CPI, seriam Gleide e a Juntas”, disse ao jornalista Aldo Vilela, dando detalhes da movimentação “mal assombrada” nos bastidores.

Para ser protocolado, o pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito precisa ter, além da assinatura do autor, o apoio de outros 16 deputados, totalizando um terço dos parlamentares. Albuquerque conta ter o apoio oficial de 12 colegas e o compromisso de outros três deputados de situação. Somando, ainda assim faltaria 1 assinatura para alcançar o objetivo. De acordo com ele, Jô e Gleide teriam se esforçado para jogar um balde de água fria nas articulações e argumentado, através de ligações e conversas, não haver necessidade de instaurar uma CPI.

“Não achávamos que seria tão difícil. Esse não é um trabalho de oposição, nem é algo para expor ou duvidar do trabalho da Polícia. Muito pelo contrário. A CPI é uma prerrogativa de qualquer casa legislativa, tem sua legitimidade respaldada pelo regimento interno e, neste caso, tem o único objetivo de agregar às investigações”, disse.

Romero foi recebido pelo secretário Humberto Freire, da Secretaria de Defesa Social, esta semana e garante que Freire, mais uma vez, não demonstrou preocupação com a CPI. A SDS já havia emitido nota afirmando que esse é o papel do legislativo e que, portanto, a Alepe poderia dar sequência sem nenhum problema.

Bruno Muniz 03 fev 2022 - 16:48m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Amanda Barros (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Farma Fácil (Grande)
JCL (Grande)
ASCAP (Grande)

Ana Laura Personalizados (Grande)
Chiquinho Sorvetes (Grande)
JCL (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Dr. Leonardo Brito (Grande)
Best Net (Grande)
Postos Badú (Grande)

MATÉRIA EM DESTAQUE

WG Aviamentos (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Valloriza (Lateral)
Gelar Climatização (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
Val Games (Lateral)
Iran Bikes (Lateral)
Amanda Barros (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
House Club (Lateral)
Ana Laura Personalizados (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Quero Sandálias (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Postos Badu (Lateral)
Dr Napoleão Bezerra (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
ASCAP (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Farma Fácil (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
BestNet (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Athom (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
JCL (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Aplicativo