Cotidiano Com material escolar 30% mais caro, pais devem ficar atentos a itens que não são obrigatórios em listas

Com material escolar 30% mais caro, pais devem ficar atentos a itens que não são obrigatórios em listas


Se tem uma coisa que é certa na chegada de um novo ano são as despesas que vem junto com ele. Os primeiros meses do ano são recheados de contas como IPVA, IPTU, e para quem tem filhos, material escolar. Em 2022, os materiais escolares estão mais caros pois acompanharão a alta da inflação e do dólar.

De acordo com a ABFIAE (Associação Brasileira de Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares) os preços podem estar até 30% mais altos. “Para 2022, temos reajustes elevados em todas as categorias de materiais escolares, variando de 15% a 30%, em média”, disse o presidente executivo da ABFIAE, Sidnei Bergamaschi ao portal InfoMoney.

E com materiais mais caros, o consumidor muitas vezes fica sem alternativas pois precisa adquirir os produtos para o novo ano letivo. Diante disso, o Blog do Bruno Muniz preparou dicas importantes para os consumidores.

1ª – Produtos mais em conta

A primeira dica pode parecer algo óbvio, mas muitas vezes é desconsiderado pela maioria das pessoas, que é tentar optar por itens mais baratos com boa qualidade. Hoje, muitas marcas de papelaria acabam possuindo valores muito maiores do que as demais simplesmente por serem mais conhecidas. Ou seja, fugir de marcas mais conhecidas pode ser uma boa alternativa para não pesar no bolso.

2ª – Pesquisar

Outra dica que a princípio pode parecer algo já muito provável, mas é ignorada por muitos, é tentar pesquisar mais estabelecimentos que comercializem este tipo de produto e também até pechinchar um pouco.

3ª – Compras pela internet

Hoje em dia com o mercado de e-comerce cada vez mais em alta, é possível encontrar uma grande variedade de vendedores de confiança em sites de marketplace. Nisso, qualidade e preço fica a critério do cliente e nestes casos, as taxas de entrega (via Correios e transportadoras) pode sair até mais barato do que compras locais.

4ª – Saber o que realmente é necessário comprar

Consideramos esta a mais importante dica desta listagem. Isso porque muitas instituições de ensino acabam pedindo itens cujo perante os órgãos fiscalizadores, como o Procon, não há necessidade de adquiri-los. O Blog preparou uma listagem com mais de 60 itens que normalmente as escolas não podem exigir dos pais.

  1. Álcool líquido e álcool em gel, inclusive quando destinado à higienização de objetos ou utilizado como forma de profilaxia
  2. Cartolina em Geral
  3. Cola em Geral
  4. Copos, pratos e talheres descartáveis
  5. Flanela
  6. Garrafa para água, exceto quando de uso estritamente pessoal
  7. Gibi Infantil, exceto se solicitado em quantidade não superior a uma unidade por aluno; para uso em atividade que possibilite a socialização do educando, conforme previsão do plano de utilização dos materiais
  8. Giz Branco e Colorido
  9. Glitter
  10. Grampeador e Grampos
  11. Isopor
  12. Jogo Pedagógico, exceto se solicitado em quantidade não superior a uma unidade por aluno; para uso em atividade que possibilite a socialização do educando, conforme previsão do plano de utilização dos materiais
  13. Jogos em Geral, exceto se solicitado em quantidade não superior a uma unidade por aluno; para uso em atividade que possibilite a socialização do educando, conforme previsão do plano de utilização dos materiais
  14. Algodão
  15. Argila
  16. Balde de Praia
  17. Balões
  18. Bastão de Cola-Quente
  19. Bolas de Sopro
  20. Brinquedo, exceto se solicitado em quantidade não superior a uma unidade por aluno; para uso em atividade que possibilite a socialização do educando, conforme previsão do plano de utilização dos materiais
  21. Caneta Hidrográfica Permanente (tipo Pincel)
  22. Caneta para Lousa
  23. Canudinho
  24. Carimbo
  25. Cordão
  26. Creme Dental, exceto quando utilizado pelo aluno em regime de exclusividade
  27. Pen Drives, Cartões de Memória ou outros produtos de mídia
  28. EVA.
  29. Elastex
  30. Envelopes
  31. Esponja para Pratos
  32. Estêncil a Álcool e Óleo
  33. Fantoche
  34. Feltro
  35. Fita Dupla Face 6
  36. Fita Durex em Geral
  37. Fita, toner ou cartucho para impressora
  38. Fitas Decorativas
  39. Fitilhos
  40. Lenços Descartáveis
  41. Papel Higiênico
  42. Papel Ofício Colorido
  43. Pincel para Quadro Branco
  44. Pincel para Pintura, exceto se atendidas as seguintes condições: a) solicitação em quantidade não superior a uma unidade por aluno; e b) uso em atividade que possibilite a socialização do educando, conforme previsão do plano de utilização dos materiais
  45. Plásticos para Classificador
  46. Pregador de Roupas
  47. Purpurina
  48. Sacos plásticos
  49. Tintas em geral
  50. TNT
  51. Trincha
  52. Lixa em Geral
  53. Marcador para Retroprojetor
  54. Massa de Modelar
  55. Material de Escritório sem uso Individual
  56. Material de Limpeza em Geral
  57. Medicamentos
  58. Palito de Churrasco
  59. Palito de Dente
  60. Palito de Picolé
  61. Papel em Geral, exceto papel ofício quando solicitado em quantidade não superior a uma resma por aluno

Caso você tenha detectado algum item nessa lista que foi requisitado para escola onde o seu filho(a) foi matriculado, questione a direção para saber exatamente onde este item será utilizado.

Bruno Muniz 02 jan 2022 - 16:02m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
220 Cabeamentos (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Gelar Climatização (Grande)
Iran Bikes (Grande)

Novo Atacarejo (Grande)
Dr. Leonardo Brito (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
JCL (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Lis Bambini (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Gedália Silva (Grande)
220 Cabeamentos (Grande)
Best Net (Grande)