Destaques Pernambuco: Deputado João Paulo culpa Bolsonaro pelo aumento da fome no Brasil

Pernambuco: Deputado João Paulo culpa Bolsonaro pelo aumento da fome no Brasil


Nesta quinta (5), o parlamentar João Paulo, do PCdoB, pronunciou-se novamente sobre o tema na Reunião Plenária, reforçando que a solução para o problema passa pela saída de Jair Bolsonaro do cargo.

“Além de ter matado milhares de pessoas com o novo coronavírus, a gestão do presidente tem contribuído para a alta do desemprego e dos preços, bem como para a insegurança alimentar”, pontuou.

“Apesar de sermos um dos maiores produtores de alimentos do mundo, segundo estudo da Rede de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), no nosso País, 19,1 milhões de pessoas (9% da população) passam fome. Outros 116,8 milhões de brasileiros não sabem se poderão se alimentar no dia seguinte”, alertou o comunista.

“A pior gestão que o Brasil já teve é responsável por uma crise social sem precedentes. A pandemia gerou impactos em todos os setores, mas a conduta do Governo Federal  determina a segurança alimentar da população”, prosseguiu. Para ele, falta prioridade à questão social. “Não espero uma mudança de atitude, porque sei que é da natureza de Bolsonaro o desprezo pelo outro. Por isso, reitero o apelo público pela saída dele. Só assim poderemos pensar em reconstruir o País.”

Comparando o momento atual aos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma, quando o Brasil deixou o Mapa da Fome, João Paulo lembrou que, à época, havia uma estrutura forte de combate à pobreza.

“Hoje o que vemos é a ‘fila do osso’, em Cuiabá, no Mato Grosso. Em um dos Estados que mais produz alimentos para exportação, centenas de pessoas esperam a distribuição do que sobrou da desossa do boi”, lamentou.

Em apartes, alguns parlamentares apoiaram o discurso.

“Se o comportamento do presidente tivesse sido outro, talvez já tivéssemos voltado a uma situação próxima da era pré-pandemia e o povo não estaria passando por tanto sofrimento. Iremos vencer a guerra contra a ineficiência, e será pelo voto”, frisou José Queiroz (PDT).

Já Teresa Leitão (PT) repercutiu o conteúdo de uma carta escrita pelas entidades signatárias do Pacto pela Vida e pelo Brasil, lançado em abril de 2020.

“A manifestação, que tem o propósito de prestar solidariedade ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, foi entregue a ele nessa quarta (4). O documento reafirma apoio incondicional ao sistema eletrônico de votação, ambos alvos de ataques do Governo Bolsonaro”, explicou.

“A carta chama atenção para as tentativas de ruptura da ordem institucional, tratadas com vocabulário chulo e desrespeitoso por Jair Bolsonaro. Não vamos aceitar. Defendo o fim deste governo genocida, que produz fome e miséria. Todos à mobilização no dia 7 de setembro”, frisou a petista.

Isaltino Nascimento (PSB) leu um trecho do manifesto assinado por mais de 250 acadêmicos, empresários, intelectuais, políticos, artistas e outras personalidades da sociedade civil envolvidas no debate público.

“O artigo ‘Eleições serão respeitadas’ pede a garantia da realização do pleito de 2022, em resposta às ameaças feitas pelo presidente. A democracia é muito cara para nós e precisamos defendê-la.”

Por fim, Tony Gel (MDB) destacou que, após muitas barbáries mundiais, a humanidade criou a Organização das Nações Unidas e elaborou uma Declaração Universal dos Direitos Humanos.

“Além de seguir a Constituição Federal, os governantes brasileiros devem absorver o que está escrito nesse documento, do qual nosso País é signatário. Não se deve banalizar uma pandemia como esta e nem o destino de milhões de famílias”, disse o emedebista.

Bruno Muniz 05 ago 2021 - 15:38m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Oficina dos Óculos (Grande)
JCL (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Academia Republic (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Cetias (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Clim Center (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários

Cabeça Gesso (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Vitta (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Lis Bambini
Ana Laura Personalizados (Grande)