Saúde Governo de Pernambuco declara apoio a municípios que tomarem medidas para inibir escolha de vacinas

Governo de Pernambuco declara apoio a municípios que tomarem medidas para inibir escolha de vacinas


Ao recusar algum tipo de vacina por conta do seu fabricante, o recusante acaba por ocupar a vaga de alguém que está na fila e deveria receber o imunizante.

A prática de escolher vacina contra a Covid-19 de acordo com o fabricante deve começar a ser inibida em mais municípios pernambucanos além do Recife.

Em coletiva virtual realizada nesta terça-feira (6), o secretário estadual de Saúde, André Longo, apresentou apoio do Governo do Estado a municípios que tomarem medidas para penalizar aqueles que se recusarem a ser imunizados por causa do tipo da vacina.

O “Sommelier de vacina” já é penalizado na capital, que optou por bloquear por 60 dias o reagendamento do recusante da vacina. 

“Todas as quatro vacinas em uso no Brasil são seguras, eficazes e evitam casos moderados e graves, internamentos e mortes pela Covid-19. Além disso, a vacinação é uma atitude de proteção coletiva: quanto mais pessoas vacinadas em menor espaço de tempo, mais protegida estará toda a sociedade, inclusive aqueles que ainda não podem se vacinar, como é o caso das crianças. Por isso, quando chegar a sua vez, se vacine com o imunizante que estiver disponível. Vacina boa é vacina no braço.”, ressaltou o secretário.

O gestor informou que apenas gestantes e pessoas com comorbidades possuem um tipo de vacina delimitada para uso.

“Apenas a vacina da Pfizer hoje tem uma orientação especifica para gestantes e as pessoas com comorbidades que ainda faltam se vacinar. Todas as demais podem ser disponibilizadas nos grupos”, informou. 

Ao recusar algum tipo de vacina por conta do seu fabricante, a pessoa acaba por ocupar a vaga de alguém que está na fila e deveria receber o imunizante. 

De acordo com o secretário, ainda não há registro de pessoas que se recusaram a tomar a vacina por causa do fabricante no Estado. A negativa era, antes, apontada apenas como recusa.

“Até agora estávamos observando a negativa sem uma motivação específica, não estávamos classificando essa negativa por escolha vacinal. Esperamos que agora os municípios tomem medidas para coibir essa pratica que atrapalha o segmento mais célere na vacinação no Estado”, informou Longo. 

Jefferson Felipe 07 jul 2021 - 10:24m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Ana Laura Personalizados (Grande)
Clim Center (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)
CNA (Grande)
JCL (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)
Gelar (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)

Real Tags e Etiquetas (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Acqua Pet Capibaribe (Grande)
Bruno Assistência (Grande)
Richard Martyns (Lateral)
Unicesumar EAD (Grande)
Design Riscos (Grande)
CNA (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)

VÍDEO EM DESTAQUE

Novo Atacarejo (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Simone Joias (Lateral)
Design Riscos (Lateral)
Ana Laura Personalizados (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Clim Center (Lateral)
Autoescola Nossa Senhora das Graças (Lateral)
Immobilis (Lateral)
JCL (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
BestNet (Lateral)
Acqua Pet Capibaribe (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
House Club (Lateral)
Bruno Assistência (Lateral)
CNA Santa Cruz (Lateral)
Império dos Camarões (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Clínica Vitta (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Gelar (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Real Tags e Etiquetas (Lateral)
Richard Martyns (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
Academia Saúde e Forma (Lateral)
Val Games (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Aplicativo