Cotidiano

Avenida 29 de Dezembro torna-se a “Covid-29” aos finais de semana


Local é ponto para grande circulação de pessoas e pouca proteção como o uso de máscara.

Apesar da circulação de novas variantes, o aumento no número de infectados e a grande quantidade de internações na região Agreste, ainda há um público que pouco tem se preocupado com a Covid-19. Neste domingo (06), a nossa reportagem coletou imagens da Avenida 29 de Dezembro, área central de Santa Cruz do Capibaribe, e constatou uma visível quantidade de pessoas circulando pelo local.

Nas imagens é possível ver crianças, jovens, adultos e até mesmo idosos em grupos ou simplesmente sentados em algum ponto da avenida. O uso de máscara também é algo ignorado pela grande maioria das pessoas que visitam o local. Nossa reportagem também constatou que várias viaturas da Guarda Civil Municipal circulam pelo local no intuito de intimidar o público, porém as pessoas permanecem no local sem qualquer tipo de cuidado.

Ao tempo em que algumas pessoas deixam a avenida, mais pessoas chegam e o proximidade entre as mesmas deixa evidente que o local é um grande polo de circulação de possíveis infecções. Hoje não há nenhum outro ponto da cidade que registre tantas pessoas juntas aos finais de semana como é a 29 de Dezembro.

Um detalhe que reflete o atual momento vivenciado pela cidade é a grande quantidade de ambulâncias que passam pelo trecho o tempo inteiro, em sua grande maioria transportando pacientes com agravamentos em virtude da Covid-19. Apesar disso, o público parece alheio ao que ocorre dentro dos veículos de saúde reforçando ainda mais as aglomerações e fazendo valer o apelido que a 29 de Dezembro possui hoje: A “Covid-29”.

Bruno Muniz 06 jun 2021 - 22:19m

2 Comentários

  • José Cledson da Silva disse:

    Manda um jato d’água nessa galera que aí eles se mandam daí!

  • Ana Paula de Rezende disse:

    Boa noite.
    Muita irresponsabilidade .
    Porque a polícia num faz uma ação agora.
    Mete o cassetete nesse vagabundos e ixplei de pintemeta e espera vesse se num vão.
    Safadezas fechar os comércios, para os trabalhos e fica os vagabundos na rua .
    Vai pra rua e só saí quando quer .

    Sabe porque a polícia não tem moral.
    Se os vagabundos tiveessm trabalhando a polícia vim manda fechar o comércio.
    Mais é o contrário eles não tão nem aí .
    O pai e mãe de família em casa precisando trabalhar e não pode .
    Senhor delegado oficial da justiça se movam.
    Faça alguma coisa por amor de Deus.

Deixe uma resposta


1Farma (Grande)
Total (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Valloriza / Jasfac
APAE (Grande)
JCL (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)

Cabeça Gesso (Grande)
Auto Planos (Grande)
Moda Center (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Sistemax (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)

REPORTAGEM ESPECIAL

1Farma (Lateral)
Moura & Lima (Lateral)
Centrus (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Integra Mais (Lateral)
João Januário Tecidos (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Stylus Óculos (Lateral)
Rede Ponto Com (Lateral)
Athom (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
M Mestre Empreendimentos (Lateral)
BestNet (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Val Games (Lateral)
Moda Center (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Auto Planos (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Vitta (Lateral)
JCL (Lateral)
Luciana Mendes (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Sam’s Sushi (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
House Club (Lateral)
Totali (Lateral)
Altas Horas (Lateral)
Aplicativo