Cultura Igrejas e prédios históricos do Brejo da Madre de Deus são tombados

Igrejas e prédios históricos do Brejo da Madre de Deus são tombados


O  Núcleo Urbano do município do Brejo da Madre de Deus foi tombado pelo Governo de Pernambuco nesta última segunda-feira (12), por meio do Decreto Nº 50.527, assinado pelo governador Paulo Câmara. O tombamento inclui edificações como a Igreja de São José, a Igreja de Nossa Senhora do Bom Conselho, a Casa da Câmara e o Museu Histórico. A ocupação da localidade data do século 18, pois em 1759 conquistou o credenciamento de Freguesia, passando a atrair população e negócios e abrigando instituições públicas que atendiam a demandas não só do Agreste, mas também do Sertão.

Em 1814, a Ouvidoria que funcionava na Vila de Cimbres, em Pesqueira, transfere-se para o local. A partir de 1825, a população passa a  pressionar as autoridades para que o Brejo se transforme, também, em vila. O requerimento, no entanto, seria atendido em 1833.

Mais sobre o tombamento

O Decreto Nº 50.527 homologa a Resolução nº 15, de 3 de outubro de 2019, do Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco (CPPC-PE), que, na ocasião, deliberou pelo tombamento do centro histórico do Brejo da Madre de Deus por conta do valor histórico, arquitetônico e ambiental. A nota técnica que deu embasamento para a resolução foi elaborada pela Gerência de Preservação do Patrimônio Cultural (GPPC) da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

Todas as diretrizes apresentadas na nota técnica constam do Plano de Preservação do Centro Histórico do Brejo da Madre de Deus (2010), também elaborado pela Fundarpe, e que é objeto de recomendação na Resolução nº 15/2019 do CEPPC para que se incorpore ao Plano Diretor do município.

O sítio encontrava-se protegido, em caráter provisório, desde a abertura do processo de tombamento, em julho de 1985. De acordo com Neide Fernandes de Souza, gestora da Unidade de  Patrimônio Histórico e Material da GPPC/Fundarpe, o município do Brejo da Madre de Deus tem as suas ruas, edifícios e tipos populares imersos na história política e social de Pernambuco.

“O resgate de sua memória aporta, enfim e, sobretudo, um testemunho essencial dos fatos e valores da história interiorana, indispensável à tentativa de entender o processo de desenvolvimento pernambucano como um todo”, explica Neide Fernandes. Segundo ela, outras duas cidades estão com processo de tombamento em tramitação: Belém do São Francisco e Floresta (ambos no Sertão do São Francisco).

Bruno Muniz 20 abr 2021 - 15:59m

0 Comentários

Deixe uma resposta


João Januário Tecidos (Grande)
Total (Grande)
Integra Mais (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
APAE (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
JCL (Grande)
Valloriza / Jasfac
1Farma (Grande)

Auto Planos (Grande)
Moura & Lima (Grande)
Luciana Mendes (Grande)
Sistemax (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
APAE (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)

REPORTAGEM ESPECIAL

Sistemax (Lateral)
Val Games (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Integra Mais (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Cetias (Lateral)
1Farma (Lateral)
M Mestre Empreendimentos (Lateral)
Auto Planos (Lateral)
Totali (Lateral)
João Januário Tecidos (Lateral)
Centrus (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Sam’s Sushi (Lateral)
House Club (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Athom (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Luciana Mendes (Lateral)
Vitta (Lateral)
Moda Center (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Moura & Lima (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Altas Horas (Lateral)
JCL (Lateral)
BestNet (Lateral)
Rede Ponto Com (Lateral)
Stylus Óculos (Lateral)
Aplicativo