Cotidiano Protesto contra valor do combustível trava trânsito na manhã desta quarta-feira, no Porto de Suape

Protesto contra valor do combustível trava trânsito na manhã desta quarta-feira, no Porto de Suape


No protesto, trabalhadores do setor de Turismo pedem que população deixe combustível nos postos para carros da polícia, Samu e Corpo de Bombeiros.

Um grupo de trabalhadores do setor de turismo interditou um trecho que dá acesso ao Porto de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, no início da manhã desta quarta-feira (3). Os manifestantes reclamam do preço do combustível. Segundo texto enviado pelos organizadores do protesto, a população não deve abastecer os veículos particulares para não faltar combustível nos postos para carros da polícia, Samu e Corpo de Bombeiros. 

Às 8h45, o trânsito no local já estava liberado. No início da manhã, os manifestantes colocaram fogo na pista. Vídeo enviado pela organização para a reportagem da TV Jornal mostra que ônibus e caminhões não conseguiam passar pela barreira.

“Estamos aderindo à greve para preço de combustível. O governador do Estado de Pernambuco não quer deixar a gente trabalhar por conta do preço do combustível. Está demais”, disse um dos participantes em um vídeo. A Polícia Militar já esteve no local. 

Reclamação

“Faça a sua parte , só assim poderemos mudar o contexto dos combustíveis no Brasil , estamos pagando a preço de dólar e a Petrobrás quer equiparar o valor e estamos pagando essas contas ,tudo fica mais caro ,  alimentos , gás de cozinha etc (SIC)”, disse trecho da nota enviada à imprensa. 

Preço dos combustíveis

Na terça-feira (2), o preço dos combustíveis teve novo reajuste nas refinarias da Petrobras. O litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%) e passou a custar R$ 2,60 para a venda às distribuidoras. O aumento do óleo diesel foi de 5% (ou R$ 0,13 por litro). O preço para as distribuidoras passou a ser de R$ 2,71. Já o gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de botijão ou gás de cozinha, ficou 5,2% mais caro. O preço do GLP para as distribuidoras será de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro), ou seja R$ 36,69 por 13 kg (ou R$ 1,90 mais caro).

Outras pautas

Na manifestação desta quarta-feira (3), os trabalhadores também se dizem contra o fechamento das praias. Anunciado nesta semana, o decreto que fecha as praias aos finais de semana tenta diminuir a transmissão do novo coronavírus. 

Bruno Muniz 03 mar 2021 - 10:10m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Instituto Olavo Bilac (Grande)
ASCAP (Grande)
JCL (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
WG Aviamentos (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Athom (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)

Best Net (Grande)
Lis Bambini (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza (Grande)

MATÉRIA EM DESTAQUE

ASCAP (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Gelar Climatização (Lateral)
Dr Napoleão Bezerra (Lateral)
WG Aviamentos (Lateral)
Quero Sandálias (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Valloriza (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Farma Fácil (Lateral)
JCL (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Val Games (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Floricultura Flor de Cheiro (Lateral)
Postos Badu (Lateral)
BestNet (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Amanda Barros (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
Mamuska Pizzaria (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Iran Bikes (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Athom (Lateral)
House Club (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Aplicativo