Saúde Anvisa aprova uso emergencial da vacina da Janssen; dose é única

Anvisa aprova uso emergencial da vacina da Janssen; dose é única


O Ministério da Saúde fechou a compra de 38 milhões de doses da vacina da Janssen. O primeiro lote deve chegar em agosto.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta quarta-feira, 31, o uso emergencial da vacina contra a covid-19 da Janssen, que é um braço farmacêutico da Johnson&Johnson. A aprovação do colegiado de diretores foi unânime — o órgão é composto de cinco integrantes. Na terça-feira, 30, a Anvisa tinha concedido ao laboratório a certificação de boas práticas de fabricação em oito plantas.

O Ministério da Saúde fechou a compra de 38 milhões de doses da vacina da Janssen. A grande vantagem é que ela é aplicada em dose única, o que facilita toda a logística de distribuição e de imunização. A eficácia global é de 66%, e 82% no grupo de pessoas com mais de 65 anos. A resposta do corpo para ficar protegido contra o coronavírus leva 14 dias após a aplicação.

O aval da Anvisa era necessário para que o governo pudesse entregar a vacina aos estados. O contrato prevê que as doses deverão ser enviadas ao Brasil entre agosto e novembro deste ano.

“A vacina se mostrou eficaz na população acima de 18 anos. É preciso observar reações alérgicas em até 5 horas após a aplicação. Os estudos mostraram que a vacina tem qualidade, com um perfil de segurança em que o risco é compensado pela eficácia demonstrada”, disse Gustavo Mendes, gerente-geral de medicamentos da Anvisa, na reunião feita quarta-feira.

Mendes ainda ponderou algumas incertezas da vacina, como a capacidade de fabricação, o prazo de validade — a sugestão da Anvisa é de três meses —, e se haverá a necessidade de imunização anual. Ainda segundo ele, não está claro se a vacina é eficaz contra as novas variantes do coronavírus.

Vacinas aprovadas no Brasil

Em janeiro, a Anvisa aprovou o uso emergencial das vacinas do Instituto Butantan/Sinovac e da Fiocruz/AstraZeneca no Brasil, as duas únicas que estão sendo aplicadas no Brasil. Há três semanas, a agência concedeu o registro definitivo para a vacina da AstraZeneca.

O uso emergencial foi criado para deixar mais rápida a aprovação de vacinas no país, apenas para a cobid-19. O uso do imunizante fica liberado, mas para uma finalidade específica, como a vacinação de profissionais de saúde, os mais expostos ao coronavírus, por exemplo.

Bruno Muniz 31 mar 2021 - 16:01m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Mandacaru Açaíteria (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
JCL (Grande)
Ana Laura Personalizados (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Oficina dos Óculos (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Quero Sandálias (Grande)

Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Postos Badú (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
Lis Bambini (Grande)
ASCAP (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Gedália Silva (Grande)
Valloriza (Grande)

MATÉRIA EM DESTAQUE

220 Cabeamentos (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
Iran Bikes (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Mandacaru Açaiteria (Lateral)
House Club (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Val Games (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
Amanda Barros (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
ASCAP (Lateral)
Farma Fácil (Lateral)
Gelar Climatização (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Valloriza (Lateral)
Postos Badu (Lateral)
Dr Napoleão Bezerra (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
BestNet (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Ana Laura Personalizados (Lateral)
WG Aviamentos (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
JCL (Lateral)
Sistemax (Lateral)
Quero Sandálias (Lateral)
Athom (Lateral)
Aplicativo