Cotidiano Justiça Federal determina que Detrans voltem a emitir CRLV em papel

Justiça Federal determina que Detrans voltem a emitir CRLV em papel


Liminar do Tribunal Regional Federal da 4ª Região atendeu ação movida por associação de despachantes que pedia a possibilidade de escolha entre o documento tradicional e o digital.

Os despachantes pediram e a Justiça determinou, por meio de liminar, que os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) de todo o Brasil voltem a emitir o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), em papel. Desde janeiro deste ano, o documento que atesta a propriedade do veículo só estava disponível pela internet, como documento eletrônico, ou para o próprio dono do carro imprimir.

A desembargadora federal Marga Inge Barth Tessler, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), proferiu decisão liminar suspendendo a determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que previam a emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) exclusivamente por meio digital.

AÇÃO

A liminar atendeu a um recurso do Conselho Federal dos Despachantes Documentalistas do Brasil (CFDD/BR) e de mais três entidades de despachantes do estado de Santa Catarina e é válida para os Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) de todo o país, informou o TRF4. Em Pernambuco, o Detran não se posicionou oficialmente nesta terça feira (9) e seguiu emitindo apenas o documento digital enquanto aguarda posicionamento do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que deve ser divulgado ainda esta semana, segundo uma fonte.

No recurso apreciado pelo TRF4, as entidades alegaram que a resolução publicada pelo Contran violou a Lei nº 14.071/2020, que entrará em vigor em abril deste ano e assegura a emissão dos documentos, por meio físico ou digital, e acordo com a escolha do proprietário do veículo. Segundo os autores da ação civil pública, a nova lei, que entrará em vigor daqui há dois meses, foi aprovada devido levando em conta o fato de que cerca de 46 milhões de brasileiros sofrem com a exclusão digital e não têm acesso à Internet.

DESPACHO

De acordo com a decisão monocrática da relatora do caso no TRF4, embora não esteja em discussão a competência do Contran para editar normas estabelecendo requisitos para a expedição do CRV e do CRLV, o Conselho não estaria sendo razoável ao atuar em direção contrária a uma nova legislação prestes a entrar em vigência, informou o TRF4.

“A Lei nº 14.071/2020 é norma já existente e válida e, muito embora carecendo de vigência, não pode ser ignorada pelo administrador ao editar norma, hierarquicamente inferior, com disposições contrárias àquela”, afirmou Tessler. Segundo a magistrada, a lei busca garantir direitos de milhões de brasileiros excluídos do universo digital e, por isso, a expedição da via física é necessária.

“Cabe consignar que não se está contra a digitalização dos respectivos documentos, cuja finalidade é nobre, mas apenas sensível em dar uma opção aos excluídos, como fez o legislador ao editar a Lei nº 14.071/2020. Os inclusos no universo digital poderão, e certamente o farão, se utilizar da nova sistemática”, concluiu a desembargadora.

A ação segue tramitando na primeira instância da Justiça Federal de Santa Catarina e ainda deverá ter o mérito julgado.

Bruno Muniz 10 fev 2021 - 9:08m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Quero Sandálias (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
ASCAP (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Mamuska Pizza (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Bahia Ferragens (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
JCL (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)

Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Sistemax (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Best Net (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)

MATÉRIA EM DESTAQUE

Mandacaru Açaiteria (Lateral)
Quero Sandálias (Lateral)
Pernambuco Proteção Veicular (Lateral)
ASCAP (Lateral)
Immobilis Negócios Imobiliários (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Valloriza (Lateral)
Kits Elásticos (Lateral)
Farma Fácil (Lateral)
Mamuska Pizzaria (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Amanda Barros (Lateral)
Bahia Ferragens (Lateral)
Val Games (Lateral)
Floricultura Flor de Cheiro (Lateral)
Oficina dos Óculos (Lateral)
Athom (Lateral)
Gelar Climatização (Lateral)
Dr Napoleão Bezerra (Lateral)
Cabeça Gesso (Lateral)
WG Aviamentos (Lateral)
House Club (Lateral)
Dra Patrícia Queiroz (Lateral)
Agreg Comunicação (Lateral)
Mateus Assistência (Lateral)
Novo Atacarejo (Lateral)
RC Tecidos (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Postos Badu (Lateral)
Arrumadinho (Lateral)
Chiquinho Sorvetes (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
BestNet (Lateral)
Iran Bikes (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Sistemax (Lateral)
JCL (Lateral)
Aplicativo