Cotidiano Justiça aumenta para R$ 100 mil multa do sindicato que declarou greve de professores por descumprir liminar

Justiça aumenta para R$ 100 mil multa do sindicato que declarou greve de professores por descumprir liminar


O desembargador Fábio Eugênio Dantas Oliveira Lima determinou na tarde desta terça-feira (20), o aumento da multa para R$ 100 mil e advertência aplicada ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) por descumprir uma liminar. A decisão acontece após petição da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco noticiando o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) sobre a decisão do sindicato.

“Majoro a multa diária por descumprimento para R$ 100.000,00 (cem mil reais), sem prejuízo de eventual configuração de crime de desobediência. Fica o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE advertido, ainda, que o descumprimento da decisão judicial implicará em ato atentatório à dignidade da justiça, fazendo incidir a multa prevista no art. 77, IV, §5º, do CPC/15”, escreveu o desembargador.

Na decisão, o desembargador destaca que a declaração de greve “evidenciam o inequívoco descumprimento da decisão antecipatória ao anunciar a decretação da greve, com início às 0h do dia 21/10/2020”

Na assembleia realizada ontem (19), 92% dos participantes aprovaram a deflagração da greve. A paralisação está marcada para iniciar a partir das 0h desta quarta (21).

Marcelo Melo Ramos 20 out 2020 - 17:12m

0 Comentários

Deixe uma resposta


RC Tecidos (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Clim Center (Grande)
JCL (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)

Simone Joias (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Lis Bambini
Arrumadinho (Grande)
Polo da Moda Campina (Grande)
Jasfac (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)