Educação Danilo Cabral apresenta projeto para tornar PNAES lei

Danilo Cabral apresenta projeto para tornar PNAES lei


O deputado federal Danilo Cabral (PSB) apresentou proposta (PL 4.567/2020) para tornar o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) lei. Instituída por decreto, em 2010, a iniciativa passará a ser ima política de Estado, caso seja aprovada pelo Congresso Nacional. As ações previstas vão desde assistência para moradia, alimentação, inclusão digital a transporte e apoio pedagógico.

“Neste ano, o PNAES completa 10 anos, garantindo condições qualificadas de permanência dos estudantes nas instituições de ensino. Diante dos cortes e contingenciamentos frequentes no orçamento para as universidades, nós queremos garantir a continuidade e ampliação do programa, transformando-o numa política de Estado”, afirma Danilo Cabral. 

A ideia para a apresentação do projeto de lei surgiu a partir de uma demanda de um reitor da UPE, Pedro Falcão, de tentar ampliar a abrangência do PNAES para as universidades estaduais, que não são atendidas pelo programa atualmente.

“A partir disso, evoluímos a proposta, apresentando um projeto de lei para tornar o PNAES uma política pública de estímulo à permanência dos estudantes nos cursos de graduação, especialmente os das camadas mais pobres”, conta o deputado. 

Danilo Cabral destaca que a Lei de Cotas e a implantação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) democratizaram o acesso ao ensino superior no Brasil. Estas inovações se refletiram em uma mudança do perfil socioeconômico dos estudantes de graduação das universidades públicas, abrindo espaço para que negros e pobres ingressem nas instituições.

A Pesquisa Nacional de Perfil Socioeconômico e Cultural dos Graduandos das IFES-2018, produzida pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), revela que 26% dos estudantes matriculados possuem renda familiar per capita de até meio salário-mínimo. Na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica esse percentual sobe para 29,9%.

Segundo Danilo Cabral, a ampliação das oportunidades de acesso ao ensino superior para camadas mais pobres da sociedade, sem que haja apoio financeiro para o custeio das atividades acadêmicas desses estudantes, pode tornar inócuas as políticas de democratização do acesso. “Por isso, é de fundamental importância a criação de mecanismos para garantir a permanência desses estudantes nas universidades até a conclusão dos cursos”, diz o deputado.

Keilla Brito 15 set 2020 - 16:10m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Império dos Camarões (Grande)
Sollaris Energy (Grande)
Cetias (Grande)
Brisanet (GIF)
Immobilis Negócios Imobiliários
Máscara Cristal (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Clim Center (Grande)
Dra. Palloma Santana (Grande)

Altas Horas Outlet (Grande)
Vitta (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Brisanet (Grande)
Larissa Marques (Tô na Fono)
Alan Vidros (Grande)
New Corte
Brisanet (GIF)
Dr. Leonardo Brito
Marjo Sports (Grande)
error: Content is protected !!