Cotidiano Vereador de Brejo envolvido em acidente na PE-96 vai responder em liberdade provisória

Vereador de Brejo envolvido em acidente na PE-96 vai responder em liberdade provisória


O vereador Pedro Marconi de Souza Barros (PTC), da cidade Brejo da Madre de Deus, passou por audiência de custódia na tarde desta segunda-feira (24), em Palmares, na Mata Sul. A decisão judicial foi que ele responderá pelos crimes em liberdade provisória sem fiança. O vereador foi autuado por homicídio culposo e lesão corporal culposa após colidir com cerca de 30 motociclistas na rodovia PE-96 em Água Preta, na Mata Sul de Pernambuco.

Segundo a delegada que estava de plantão no domingo (23), Juliana Bernat, a equipe foi ao local do acidente junto com o Instituto Criminalística (IC), que é o órgão responsável pelas perícias. Ainda de acordo com a delegada, o vereador falou durante o depoimento que no momento do acidente sofreu um apagão.

“Ele falou que estava em velocidade plausível com a rodovia e não estava fazendo ultrapassagem arriscada. Ele disse que vinha normal e de repente teve um apagão, quando percebeu já teve a batida. Ele alega que não viu nada”, afirma a delegada.

A delegada explicou também que a autuação dos crimes de homicídio culposo e lesão corporal culposa ainda não é definitiva. Ao longo da investigação será verificado se algum motociclista também teve alguma culpa no acidente. Juliana Bernat que o IC tem até 30 dias para concluir o inquérito. E ao fim da investigação, junto com as perícias, o delegado de Água Preta vai decidir quais crimes ele será indiciado.

Com informações do G1

Jefferson Felipe 24 ago 2020 - 17:47m

1 Comentário

  • Feu disse:

    Absurda a acusação sobre o Vereador.
    Os videos são claros e mostram que o homicídio culposo é do CINEGRAFISTA *sem noção* que parou a moto na via de rolamento com IMPRUDÊNCIA evidente.
    O carro do vereador é visto na pista correta e com a roda dianteira quebrada (freios e direção comprometidos) pela moto custom que derrapou brecando por causa do “estrangulamento” da via provocado pelo SEM NOÇÃO do cinegrafista. O carro do Vereador somente “pega” os motociclistas, que vieram a óbito, bem depois de ser atingido pela primeira moto (a custom que caiu).
    Ou seja, estão acusando um inocente que foi uma das vítimas da IMPRUDÊNCIA do SEM NOÇÃO do cinegrafista.
    É o cinegrafista que deveria estar autuado por HOMICÍDIO CULPOSO.
    Homicídio culposo no cinegrafista.
    ///
    Capítulo XV – DAS INFRAÇÕES
    Art. 182
    Parar o veículo:
    V – na pista de rolamento das estradas, das rodovias, das vias de trânsito rápido e das demais vias dotadas de acostamento:
    Infração – grave;
    Penalidade – multa;
    ////
    O cinegrafista AGIL COM IMPRUDÊNCIA e ASSUMIU O RISCO DE MATAR.
    //////
    Capítulo XIX – DOS CRIMES DE TRÂNSITO
    Seção I – Disposições Gerais
    Art. 302
    Praticar homicídio culposo na direção de veículo automotor:
    Penas – detenção, de dois a quatro anos, e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo …
    /////
    O cinegrafista cometia um crime de trânsito e o crime dele provocou o acidente fatal para três pessoas !
    Agora é o caso cair para um Delegado que tenha as variáveis necessárias para investigar algo assim.
    Tem de conhecer as Leis de Trânsito, ser sério e implacável … sinceramente ter isto tudo no Brasil é quase um milagre !
    O cinegrafista vai escapar.
    E depois tem de cair em um Promotor de Justiça com as mesmas variáveis citadas para o Delegado … seriam dois milagres em solo brasileiro.
    O cinegrafista vai escapar.
    E depois cair em Juiz com as mesmas variáveis … aí já seriam três milagres … 👁👁🤪🤪🤪🤪🤪
    O SEM NOÇÃO do cinegrafista vai escapar.
    E isto tudo deve acontecer em uns dois a quatro anos entre inquérito e processo judicial se o Advogado do cinegrafista for fraco.
    Conclusão;
    Alice vai terminar a vida dela no País das Maravilhas e o caso da morte das três vítimas e a sequela em outras será arquivado e/ou jamais caminhará para punir o SEM NOÇÃO DO CINEGRAFISTA.
    Mais três mortes que não serão punidas.

Deixe uma resposta


Instituto Olavo Bilac (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
RC Tecidos (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Cetias (Grande)
JCL (Grande)
Clim Center (Grande)
Bezerra Poços (Grande)

Instituto Olavo Bilac (Grande)
Jasfac (Grande)
Polo da Moda Campina (Grande)
Design Riscos (Grande)
Lis Bambini
Dr. Leonardo Brito
Unicesumar EAD (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Simone Joias (Grande)

VÍDEO EM DESTAQUE

Immobilis (Lateral)
Tintas Quimilson (Lateral)
Alan Vidros (Lateral)
Design Riscos (Lateral)
Instituto Olavo Bilac (Lateral)
Clínica Vitta (Lateral)
Val Games (Lateral)
Moda Center (Lateral)
Escolinha Geração XXI (Lateral)
VRC College (Lateral)
Unicesumar Santa Cruz (Lateral)
Clim Center (Lateral)
HB Joias e Relógios (Lateral)
BestNet (Lateral)
House Club (Lateral)
Real Tags e Etiquetas (Lateral)
Autoescola Nossa Senhora das Graças (Lateral)
Academia Saúde e Forma (Lateral)
Simone Joias (Lateral)
Polo da Moda de Campina Grande (Lateral)
JCL (Lateral)
Lis Bambini (Lateral)
Sign Digital (Lateral)
Dr. Leonardo Brito (Lateral)
Império dos Camarões
RC Tecidos (Lateral)
Aplicativo