Cotidiano MPPE recomenda que Prefeitura de Santa Cruz evite gastos desnecessários e anule contrato publicitário de R$ 850 mil

MPPE recomenda que Prefeitura de Santa Cruz evite gastos desnecessários e anule contrato publicitário de R$ 850 mil


Após denúncias feitas pela oposição em Santa Cruz do Capibaribe, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou a Prefeitura Municipal que anulasse o contrato de R$ 850 mil feito com a empresa “Sala 10 Comunicação LTDA”, para fins publicitários. O ordenamento teve também o aval do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Além da recomendação de interrupção contratual, os órgãos também recomendaram que o órgão público local evite gastos desnecessários devido a crise pela qual o município passa, assim como outros, dado a pandemia do coronavírus. Em caso de descumprimento, a administração poderá ser ajuizada.

Jefferson Elias 08 maio 2020 - 22:21m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Iran Bikes (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Gelar Climatização (Grande)
ASCAP (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)

Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Best Net (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
JCL (Grande)
Mamuska Pizza (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Sistemax (Grande)