Política “A gestão trabalha sem planejamento, estratégia e inteligência”, diz deputado Alberto Feitosa sobre alto número de mortes por Covid-19 em Pernambuco

“A gestão trabalha sem planejamento, estratégia e inteligência”, diz deputado Alberto Feitosa sobre alto número de mortes por Covid-19 em Pernambuco


O deputado Alberto Feitosa (PSC) fez críticas, na Reunião Plenária desta quinta (30), às ações do Governo do Estado e da Prefeitura da Cidade do Recife (PCR) no enfrentamento à pandemia de Covid-19. O parlamentar se disse “perplexo com os números de mortes confirmadas, quando comparados aos de outros Estados brasileiros”. Por sua vez, o líder do Governo, deputado Isaltino Nascimento (PSB), declarou que “é o Brasil quem está sendo motivo de críticas e chacota mundial, não Pernambuco nem a Capital”.

De acordo com Feitosa, a taxa de mortalidade pelo novo coronavírus no Recife é de 131 por milhão, superior à dos Estados de São Paulo (51/milhão), Rio de Janeiro (46/milhão), Ceará (50/milhão) e Amazonas (95/milhão). E, na comparação por Estado, Pernambuco, com 59 mortes por milhão, tem a segunda maior taxa, à frente de São Paulo (51) e Ceará (50). O deputado do PSC acentuou também que, em números absolutos, Pernambuco identificou 538 mortes provocadas pela doença, acima de Estados com população maior, como Bahia (96), Rio Grande do Sul (50) e Minas Gerais (80).

O parlamentar avaliou que as administrações do Recife e do Estado não demonstram capacidade de gerenciar a crise. Ele reforçou críticas a aglomerações em espaços como o do Ceasa, nos transportes públicos e na porta de escolas de rede municipal. Também apontou problemas no atendimento à população em situação de rua, além da falta de orientação e de distribuição de equipamentos de proteção. “Estamos perdendo vidas devido à incompetência clara, que os números vêm mostrando”, expôs. “Pernambuco ficará conhecido como a capital do novo coronavírus no Nordeste”, prosseguiu.

Feitosa criticou, ainda, “medidas atabalhoadas” que teriam provocado quebra de empresas e perda de empregos. “A gestão trabalha sem planejamento, estratégia e inteligência”, acredita, lamentando também o aumento do número de homicídios no Estado. Para ele, o prefeito Geraldo Julio tenta transferir ao Governo Federal a responsabilidade pelos problemas. Em aparte, Antonio Fernando (PSC) considerou importante o debate levantado pelo correligionário, mas ponderou: “Talvez devêssemos trazer sugestões para melhorar o atendimento aos pacientes e à sociedade e deixar as críticas para depois”.

Bruno Muniz 01 maio 2020 - 21:14m

0 Comentários

Deixe uma resposta


JCL (Grande)
APAE (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
Mateus Assistência (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
Total (Grande)
Integra Mais (Grande)
1Farma (Grande)

Mateus Assistência (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Moda Center (Grande)
Moura & Lima (Grande)
APAE (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Sistemax (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
RC Tecidos (Grande)