Cotidiano Multas do Procon-PE à Caixa Econômica já somam R$ 1,1 milhão

Multas do Procon-PE à Caixa Econômica já somam R$ 1,1 milhão


Órgão de defesa do consumidor exige que o banco discipline filas dentro e fora das agências para evitar aglomerações que aumentem os riscos de propagação do coronavírus.

As multas aplicadas pelo Procon-PE, às agências da Caixa Econômica Federal, que não estão cumprindo medidas para impedir aglomerações e evitar a propagação da covid-19, já somam o total de R$ 1,1 milhão.

Nesta segunda-feira (27), o Procon-PE encontrou irregularidades em mais seis novas agências no Recife, a do Teatro Marrocos (no Bairro de Santo Antônio), Espinheiro e do Pina, além das agências localizadas em Barreiros, Vitória de Santo Antão e Serra Talhada, no Interior do Estado.

O órgão também monitorou agências já multadas na semana passada e que continuam praticando as irregularidades, segundo o Procon estadual. São elas: Casa Amarela e Encruzilhada, no Recife e Ipojuca, no litoral Sul. A Caixa Econômica Federal informou através de nota que “está providenciando a regularização das ocorrências apontadas no relatório do Procon, em conformidade com a legislação”.

NOTIFICAÇÃO
As fiscalizações do Procon acontecem desde o início da quarentena em Pernambuco. Várias instituições financeiras foram fiscalizadas e as orientações para organização das filas foram adotadas por diversos bancos, segundo o Procon-PE. Por conta da grande procura da população às agências da Caixa, e a permanência das irregularidades, o Procon Pernambuco, emitiu uma medida cautelar direcionada a todas as agências. Cada agência da Caixa que descumprisse as determinações seria multada, em R$ 50 mil, por dia.

O órgão recomendou que os bancos tenham funcionários para organização das filas formadas na parte interna e externa do estabelecimento, realizem triagens para verificar se a demanda pode ser solucionada sem que a pessoa precise entrar na agência; disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos na entrada da agência e atendimento preferencial para idosos e pessoas consideradas do grupo de risco ( hipertensos, diabéticos, gestantes).

Bruno Muniz 28 abr 2020 - 10:05m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Mateus Assistência (Grande)
1Farma (Grande)
Integra Mais (Grande)
João Januário Tecidos (Grande)
JCL (Grande)
Total (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)
Valloriza / Jasfac
APAE (Grande)

Mandacaru Açaíteria (Grande)
Auto Planos (Grande)
APAE (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Sistemax (Grande)
Moda Center (Grande)
Sam’s Sushi (Grande)
M Mestre Empreendimentos (Grande)
Cetias (Grande)