Cotidiano Multas do Procon-PE à Caixa Econômica já somam R$ 1,1 milhão

Multas do Procon-PE à Caixa Econômica já somam R$ 1,1 milhão


Órgão de defesa do consumidor exige que o banco discipline filas dentro e fora das agências para evitar aglomerações que aumentem os riscos de propagação do coronavírus.

As multas aplicadas pelo Procon-PE, às agências da Caixa Econômica Federal, que não estão cumprindo medidas para impedir aglomerações e evitar a propagação da covid-19, já somam o total de R$ 1,1 milhão.

Nesta segunda-feira (27), o Procon-PE encontrou irregularidades em mais seis novas agências no Recife, a do Teatro Marrocos (no Bairro de Santo Antônio), Espinheiro e do Pina, além das agências localizadas em Barreiros, Vitória de Santo Antão e Serra Talhada, no Interior do Estado.

O órgão também monitorou agências já multadas na semana passada e que continuam praticando as irregularidades, segundo o Procon estadual. São elas: Casa Amarela e Encruzilhada, no Recife e Ipojuca, no litoral Sul. A Caixa Econômica Federal informou através de nota que “está providenciando a regularização das ocorrências apontadas no relatório do Procon, em conformidade com a legislação”.

NOTIFICAÇÃO
As fiscalizações do Procon acontecem desde o início da quarentena em Pernambuco. Várias instituições financeiras foram fiscalizadas e as orientações para organização das filas foram adotadas por diversos bancos, segundo o Procon-PE. Por conta da grande procura da população às agências da Caixa, e a permanência das irregularidades, o Procon Pernambuco, emitiu uma medida cautelar direcionada a todas as agências. Cada agência da Caixa que descumprisse as determinações seria multada, em R$ 50 mil, por dia.

O órgão recomendou que os bancos tenham funcionários para organização das filas formadas na parte interna e externa do estabelecimento, realizem triagens para verificar se a demanda pode ser solucionada sem que a pessoa precise entrar na agência; disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos na entrada da agência e atendimento preferencial para idosos e pessoas consideradas do grupo de risco ( hipertensos, diabéticos, gestantes).

Jefferson Felipe 28 abr 2020 - 10:05m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Império dos Camarões (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)
Clim Center (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
JCL (Grande)

Simone Joias (Grande)
Polo da Moda Campina (Grande)
JCL (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Best Net
Dr. Leonardo Brito
Lis Bambini
Jasfac (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Vitta (Grande)