Destaques Coronavírus – Profissionais de saúde de Santa Cruz do Capibaribe temem a má qualidade dos EPIs

Coronavírus – Profissionais de saúde de Santa Cruz do Capibaribe temem a má qualidade dos EPIs


Dos mais de 2.600 pernambucanos com a Covid-19, mais de 1 mil são da área de saúde.

Não é a primeira vez que profissionais de saúde de Santa Cruz do Capibaribe reclamam da falta de qualidade dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) que estão sendo disponibilizados para os mesmos neste momento de pandemia do coronavírus.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Anvisa recomendam que profissionais de saúde e de apoio, caso participem da assistência direta ao caso suspeito ou confirmado, devem realizar a higiene das mãos com água e sabonete líquido ou preparação alcoólica a 70%, utilizar óculos de proteção ou protetor facial, avental, luvas de procedimento, gorro e máscara cirúrgica.

O que difere dessa paramentação é a máscara N95, FFP2, ou equivalente que deve ser utilizada ao realizar procedimentos geradores de aerossóis como por exemplo, intubação ou aspiração tranqueal, ventilação mecânica invasiva e não invasiva, ressuscitação cardiopulmonar, ventilação manual antes da intubação e coletas de amostras nasotraqueais.

No transporte interinstitucional ou atendimento pré-hospitalar de casos suspeitos ou confirmados é ainda recomendado melhorar a ventilação do veículo, mantendo as janelas abertas para aumentar a troca de ar durante o transporte; tentar manter o distanciamento de 1 metro entre as pessoas, quando possível; limpar e desinfetar todas as superfícies internas do veículo após a utilização do transporte (maca, equipamentos, etc) com álcool a 70%, hipoclorito de sódio 1% ou outros desinfetantes a base de fenóis e iodóforos e de quaternários de amônio.

Foto: Cortesia

De acordo com servidores da saúde que estão em atividade durante este período de combate ao coronavírus, os equipamentos disponibilizados – como bem comprovam as imagens – estão longe de serem nos mesmos parâmetros defendidos pela OMS ou Anvisa. Diante da situação, tais servidores lidam com o estresse gerado pelo combate à Covid-19, mas também com o temor de serem infectados durante o contato com o público que procura as unidades de saúde.

Muitos profissionais infectados

Dos 2.690 pernambucanos que foram diagnosticados com o novo coronavírus, mais de 1 mil são da área de saúde, conforme confirmou a própria Secretaria de Saúde de Pernambuco.

Bruno Muniz 20 abr 2020 - 19:01m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Farma Fácil (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
JCL (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Athom (Grande)
Amanda Barros (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Mamuska Pizza (Grande)

Floricultura Flor de Cheiro (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
ASCAP (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Mamuska Pizza (Grande)
Mandacaru Açaíteria (Grande)
Novo Atacarejo (Grande)