Destaques Gerência de Penas Alternativas e Integração Social acompanha mulheres cumpridoras de penas em instituições sociais

Gerência de Penas Alternativas e Integração Social acompanha mulheres cumpridoras de penas em instituições sociais


Mesmo não sendo maioria entre os cumpridores de pena ou medidas alternativas no estado, elas são encaminhadas pela justiça para prestarem serviços em ONG´s, escolas e instituições de longa permanência na busca pela ressocialização. 

Foto: Divulgação

As mulheres que cumprem pena alternativa no estado representam 13% do universo de 5.876 cumpridores acompanhados pela Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH). Mesmo em pequena quantidade elas são encaminhadas pela justiça para o a prestação de serviços à comunidade ou a pena pecuniária, por contra da prática de pequenos delitos.

Na pena de prestação de serviços elas realizam atividades em escolas, creches, ONG´s, instituição de longa permanência e outras entidades que fazem parte da rede social parceira da Gepais.

“Estou aprendendo muito, em todos os sentidos, principalmente a pensar duas vezes antes de tomar uma decisão, e a ajudar as pessoas”, reflete A.M.G.S. que auxilia na confecção da merenda em uma escola na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Na obrigação com a justiça, as mulheres executam serviços diversos como: limpeza, cozinha, manutenção, auxiliar administrativo, apoio em salas de aula, de acordo com as aptidões de cada uma. Entre os principais delitos praticados estão: difamação, calúnia, injúria, perturbação do sossego, posse de droga.

De acordo com o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, torna-se primordial ter um olhar diferenciado no acompanhamento das penas alternativas do público feminino.

“As mulheres, em geral, são pressionadas a absorver diversas demandas cotidianas, como o cuidado com os filhos, os afazeres domésticos, administração da vida familiar, além, muitas vezes, do trabalho externo. Por isso o cumprimento da alternativa penal para esse universo deve ser compatível com sua realidade e capaz de proporcionar uma reflexão sobre o seu papel na sociedade” completa.

<p><img src="https://blogdobrunomuniz.com.br/wp-content/uploads/2020/03/GIF-Cara-de-Pau-Marcenaria-2.gif" /></p> 
Bruno Muniz 05 mar 2020 - 18:21m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Novo Atacarejo (Grande)
Pernambuco Proteção Veicular (Grande)
Dr. Napoleão Bezerra (Grande)
Gelar Climatização (Grande)
Mateus Assistência (Grande)
Mamuska Pizza (Grande)
Athom (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários (Grande)
Kits Elásticos (Grande)
JCL (Grande)

Kits Elásticos (Grande)
Iran Bikes (Grande)
Lis Bambini (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Bahia Ferragens (Grande)
Quero Sandálias (Grande)
Dra. Patrícia Queiroz (Grande)
WG Aviamentos (Grande)
Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe
Mamuska Pizza (Grande)