Destaques Santa Cruz do Capibaribe – Operação Carnaval tem balanço negativo com dois homicídios

Santa Cruz do Capibaribe – Operação Carnaval tem balanço negativo com dois homicídios


Um dia antes ao início da referida operação um homicídio já havia ocorrido, totalizando agora, três assassinatos no ano de 2020.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Realizada todos os anos na cidade de Santa Cruz do Capibaribe durante o período carnavalesco, a Operação Carnaval foi instituída como uma opção de segurança tanto para os moradores que permanecem no município como aqueles que buscam a região litorânea.

Para os que deixam a cidade, um dos maiores temores são os arrombamentos. Este ano, alguns deles foram relatados nas redes sociais, porém o mais comentado acabou sendo a tentativa de invasão ao imóvel de um ex-prefeito do município. Neste caso a polícia acabou agindo e não foram registrados itens roubados da moradia.

Tirando um pouco do foco dos atentados aos patrimônios privados, o ponto negativo definitivamente ficou com as mortes registradas na cidade durante o período. Foram três homicídios em quatro dias, sendo dois deles já dentro do período de Operação Carnaval.

Os crimes de morte foram praticados na quinta-feira, dia 20, na sexta-feira (21) e no domingo, dia 23, inclusive vitimando um vigilante de 45 anos identificado como Gildo Manoel da Silva.

Prisão em congresso religioso

Foto: Divulgação

Apesar do balanço negativo no âmbito das mortes, a polícia realizou importantes prisões durante o período de carnaval na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. A principal delas foi em desfavor do ex-conselheiro tutelar Natanael Ricardo Fernando da Silva (idade não informada), este que ao invés de proteger um adolescente de 16 anos conforme já havia uma vez sido eleito para tal, abusou sexualmente do mesmo.

Natanel foi detido por força de mandado de prisão enquanto participava do congresso UMADESC realizado pela Igreja Assembleia de Deus no estacionamento do Moda Center Santa Cruz. O crime em questão aconteceu no ano de 2011.

Foto: Ademilton Silva (Agreg Imagem)

Ainda relacionado a prisões, a polícia prendeu na segunda-feira (24) dois homens que seriam suspeitos de executarem o vigilante Gildo Manoel na sexta-feira (21), porém as suspeitas contra a dupla não se confirmaram. Apesar disso, ambos os homens identificados como Bueno Wilker Laurentino Gonzaga (20 anos) e Bruno Soares (22) permaneceram presos por estarem portando arma, munições e pássaros silvestres.

A Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Capibaribe e os demais órgãos de segurança devem divulgar o balanço oficial da Operação Carnaval nas próximas horas.

Bruno Muniz 27 fev 2020 - 13:34m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Farma Fácil (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Cetias (Grande)
JCL (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
RC Tecidos (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Clim Center (Grande)

Vitta (Grande)
JCL (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Lis Bambini
Design Riscos (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Jasfac (Grande)