Destaques Reajuste do valor da contribuição mensal do MEI

Reajuste do valor da contribuição mensal do MEI


Vencimento do pagamento de janeiro é até o dia 20 de fevereiro de 2020

Foto: Divulgação

A contribuição do MEI feita mensalmente através do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DASN) é obrigatória, contempla a Previdência Social (INSS), o Imposto sobre Serviço (ISS) e o Imposto sobre Circulação de Mercadoria (ICMS) e o seu valor é calculado com base no Salário Mínimo Vigente.

O valor do Salário Mínimo em janeiro de 2020 foi aumentado para R$ 1.039,00 (hum mil e trinta e nove reais), com um reajuste de 4,1% em relação ao valor de dezembro de 2019 que era de R$ 998,00. Com este reajuste o MEI deverá contribuir até o dia 20 de fevereiro de 2020, com seguintes valores: R$ 52,95 para atividades de Comércio e Indústria; R$ 56,95 para atividade de Serviços; e R$ 57,95 para atividades de Comércio, Indústria e Serviço

O valor do Salário Mínimo em fevereiro de 2020 foi aumentado para R$ 1.045,00 (hum mil e quarenta e cinco reais). Com este reajuste o MEI deverá contribuir a partir de março, até o dia 20 de cada mês, com seguintes valores: R$ 53,25 para atividades de Comércio e Indústria; R$ 57,25 para atividade de Serviços; e R$ 58,25 para atividades de Comércio, Indústria e Serviço.

Segundo o assessor técnico da Rede Estadual de Atendimento ao Empreendedor, Murilo Nóbrega, a não contribuição do valor mensal do MEI poderá resultar  no desenquadramento como MEI.

” Essa contribuição mensal é de extrema importância, porque se o MEI deixar de pagar o valor estimado, ele poderá perder não só todos os benefícios que são oferecidos, como também poderá ter a dívida ativa no seu CPF, logo será desenquadrado como MEI”, ressaltou.

Os pagamentos podem ser efetuados por débito automático, online, ou até mesmo por boleto bancário. A guia do DASN pode ser emitida nas sete Unidades do Expresso Empreendedor (Recife-Centro, Recife-Jucepe, Cabo, Caruaru, Ipojuca, Petrolina e Salgueiro), nas Salas do Empreendedor dos Municípios, no SEBRAE ou no Portal do Empreendedor.

Vale ressaltar ainda, para os que já são formalizados no MEI, que a Declaração Anual de Faturamento referente ao ano de 2019 deve ser entregue até o dia 31 de maio de 2020 nos locais acima referidos.

Saiba mais sobre os benefícios de ser formalizado como MEI:

Para se formalizar como MEI (Microempreendedor Individual), o trabalhador não pode ser sócio/ administrador ou ser titular de outras empresas, pode contratar no máximo um empregado e precisa faturar até 81 mil por ano. Além de trabalhar de forma regulamentada, com a contribuição mensal o MEI passa a contar com todos os benefícios previdenciários: Aposentadoria por Idade, Aposentadoria por Invalidez, Auxílio Doença, Auxílio Maternidade, Auxílio Reclusão e Pensão por Morte. Todos os serviços prestados ao MEI são gratuitos.

Jefferson Felipe 18 fev 2020 - 17:20m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Immobilis Negócios Imobiliários
JCL (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Clim Center (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)

Arrumadinho (Grande)
Dr. Leonardo Brito
Cabeça Gesso (Grande)
Vitta (Grande)
Instituto Olavo Bilac (Grande)
Simone Joias (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Design Riscos (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Lis Bambini