Destaques Dona Petinha, uma das precursoras das feiras de confecções em Santa Cruz, visita exposição ‘Nós Sulanca’

Dona Petinha, uma das precursoras das feiras de confecções em Santa Cruz, visita exposição ‘Nós Sulanca’


Foto: ASCOM

No último domingo (8), o Museu da Sulanca recebeu a visita da senhora Petronila Senhorinha dos Santos, 94 anos (foto). Conhecida popularmente por ‘Dona Petinha’, ela é uma das mulheres que deram origem às feiras de confecções em Santa Cruz do Capibaribe, na década de 60.

Dona de sorriso fácil, Dona Petinha é a costureira mais antiga do município e a única representante viva do grupo de que criou a antiga “Feira da Sulanca”. Na exposição, ela conferiu fotos, esculturas e depoimentos (incluindo o dela mesma) de personalidades que contam a evolução das feiras de rua até a transferência para o Moda Center Santa Cruz.

“Tenho muita esperança que as feiras sejam ainda maiores e melhores com o passar dos anos. Hoje, já é muito melhor do que no meu tempo, imagina mais na frente”, disse.

Foto: ASCOM

Um pouco de sua história

Nascida no município de Brejo da Madre de Deus, Dona Petinha é mãe de oito filhos e teve uma infância difícil. Para ajudar no sustento de sua família, trabalhou por anos no cultivo de feijão, milho e algodão. Já adulta, começou a costurar colchas de retalhos e outras peças de roupas a partir de tecidos fornecidos na época pelo empresário Fernando Silvestre, popularmente conhecido por “Noronha”.

“Foi a pessoa que mais ajudou a mim e aos meus filhos. Só tenho gratidão a ele. Foi ele quem me trouxe para cá, comprou máquinas para nós e só ele quem fez tudo isso por mim”, destacou.

Sua primeira feira– Segundo ela, foi já no final dos anos 1960, em uma calçada no antigo ‘Beco de Zé Feitosa’, local próximo ao que hoje é a Rua Dr. Silvio Monteiro, no Centro. Dona Petinha seguiu acompanhando as transformações ocorridas na feira através do comercio de artigos de vestuário, atividade que deixou há apenas dois anos. Atualmente, o ponto comercial em que ela realizava vendas, no Calçadão Miguel Arraes de Alencar, é administrado por uma das filhas.

Jefferson Felipe 11 dez 2019 - 12:16m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Império dos Camarões (Grande)
JCL (Grande)
Cetias (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Clim Center (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários
Clécia Lima (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Farma Fácil (Grande)

Clécia Lima (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Alan Vidros (Grande)
Real Tags e Etiquetas (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Simone Joias (Grande)
Cabeça Gesso (Grande)
Jasfac (Grande)
Best Net
Altas Horas Outlet (Grande)