Destaques Torcida do Flamengo em Santa Cruz do Capibaribe comemora título do time na Libertadores

Torcida do Flamengo em Santa Cruz do Capibaribe comemora título do time na Libertadores


Torcedores lotaram ‘Conflaria’ e saíram em carreata pelas ruas e avenidas.

Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)

A primeira final em jogo único da história da Copa Libertadores terminou com uma vitória épica do Flamengo sobre o River Plate por 2 a 1. Em Lima, capital do Peru, os brasileiros saíram perdendo por 1 a 0 no primeiro tempo com gol de Borré e pareciam derrotados até os minutos finais da etapa final, quando Gabigol marcou duas vezes, virou o jogo e deu o bicampeonato da Libertadores ao Flamengo. Trinta e oito anos depois da geração campeã de Zico, o clube rubro-negro voltou a erguer a taça mais importante da América do Sul nas mãos de Diego Alves, Everton Ribeiro e Diego.

A equipe brasileira começou o primeiro tempo com mais posse de bola, mas os argentinos abriram o placar na primeira chegada perigosa. Aos 14 minutos, Ignacio Fernandez recebeu pela direita e cruzou rasteiro para a área, onde Borré chegou chutando no contrapé de Diego Alves. Depois do gol, o River incorporou uma postura mais intensa e não deu espaços para Gérson, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol. O quinteto rubro-negro acabou engolido pela marcação rival e não finalizou ao gol de Armani. A outra grande chance do jogo foi com Palacios arriscando de fora da área e assustando Diego. Principal marcador da equipe argentina, Enzo Perez saiu como destaque da primeira etapa.

O River seguiu controlando a partida no início do segundo tempo e foi ameaçado apenas aos 11 minutos, quando Bruno Henrique invadiu a área pela esquerda e cruzou para Gabigol ter o chute travado. No rebote, Armani fez uma defesa incrível na tentativa de Everton Ribeiro. Com o passar do tempo, os argentinos foram cansando e Marcelo Gallardo tirou os dois destaques da equipe, Nacho Fernandez e Borré. Jorge Jesus botou o Flamengo para frente com Diego e Vitinho e, aos 43 minutos, foi premiado com Gabriel concluindo jogada de Bruno Henrique e Arrascaeta pela esquerda e empatando a partida. Três minutos depois, Pinola falhou após chutão dos brasileiros para a área e ela sobrou na canhota de Gabigol. O camisa 9 não perdoou e virou o jogo para os rubro-negros. Ainda antes do apito final, Palacios chutou Bruno Henrique na lateral do campo e levou cartão vermelho. Na confusão, Gabriel também acabou expulso.

O apito final deu ao Flamengo o segundo título de sua história no torneio sul-americano. Agora, o clube rubro-negro volta amanhã para o Rio de Janeiro, que promete recebê-lo com uma festa pela cidade. Também amanhã, o Flamengo pode conquistar o campeonato brasileiro sem jogar caso o Palmeiras não vença o Grêmio em Porto Alegre. Na semana que vem, o time de Jorge Jesus inicia a preparação para disputar o Mundial de Clubes, que será realizado no Catar em dezembro, e onde o principal adversário dos brasileiros é o Liverpool, atual campeão europeu.

Santa Cruz do Capibaribe

Foto: Jefferson Felipe (Agreg Imagem)

Em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, centenas de torcedores saíram pelas ruas comemorando o título do time com uma carreata que partiu da confraria do clube na cidade intitulada de Conflaria. O local fica situado no bairro Rio Verde.

A reportagem do Blog do Bruno Muniz acompanhou alguns detalhes das comemorações pelas ruas e avenidas.

Confira a nossa transmissão:

Bruno Muniz 24 nov 2019 - 0:50m

0 Comentários

Deixe uma resposta


Altas Horas Outlet (Grande)
JCL (Grande)
Clim Center (Grande)
Bezerra Poços (Grande)
Farma Fácil (Grande)
Cetias (Grande)
Império dos Camarões (Grande)
RC Tecidos (Grande)
Clécia Lima (Grande)
Immobilis Negócios Imobiliários

Dr. Leonardo Brito
Lis Bambini
Polo da Moda Campina (Grande)
Clécia Lima (Grande)
Vitta (Grande)
Arrumadinho (Grande)
Unicesumar EAD (Grande)
Altas Horas Outlet (Grande)
Design Riscos (Grande)
Best Net